header top bar

section content

Índio destaca comprometimento do Sousa na reta final do Paraibano 2017

Dinossauro vence mais uma no estadual e sai da zona de rebaixamento. Retomada acontece desde a chegada do técnico Índio Ferreira, há três rodadas do estadual.

Por Priscila Belmont

28/03/2017 às 09h53

Índio Ferreira fala sobre comprometimento dos atletas (Foto: Reprodução / TV Paraíba)

O Sousa conseguiu vencer o Auto Esporte por 1 a 0, neste domingo, pelo Campeonato Paraibano. O resultado foi importante, pois tirou o Dinossauro da zona de rebaixamento e, de quebra,deixou o clube duas colocações acima da tabela, sendo agora o sétimo colocado. Para o técnico Índio Ferreira, o segredo desta retomada é o comprometimento da equipe.

– O Sousa foi um time montado para brigar pelo título. O grupo tinha condições, mas os resultados não estavam vindo e os jogadores estavam cabisbaixos. Sem confiança. Nós procuramos resgatar esta confiança dos atletas. Fizemos um compromisso e um pacto entre nós. E o mais importante desta nossa retomada foi a entrega dos atletas – afirmou o treinador.

Índio Ferreira chegou ao Sousa há três rodadas e desde então o Dinossauro não perdeu no Paraibano. Foi um empate por 0 a 0 com o Treze, uma vitória em cima do Atlético de Cajazeiras por 2 a 1 e a última contra o Auto Esporte por 1 a 0.

Agora, o Dinossauro vai ter quase uma semana e meia para se preparar para enfrentar o Internacional-PB, no dia 6 de abril, às 20h30, no Estádio Tomazão.

O Inter inclusive é o ex-clube do técnico Índio Ferreira, que deixou o Colorado após a saída dos investidores.

Globo Esporte PB

Recomendado para você pelo google

ESPECIAL DE PÁSCOA

VÍDEO: TVDS exibe programa ‘Mensagem de Fé com Frei João Batista’ em especial de Semana Santa

FÉ E DEVOÇÃO

Sexta-feira Santa em Cajazeiras é marcada por várias celebrações religiosas e grande número de fiéis

SAÚDE

VÍDEO: Xeque Mate fala sobre a obesidade e médica endocrinologista tira dúvidas sobre a doença; Veja!

SEMANA SANTA PARA OS EVANGÉLICOS

VÍDEO: Pastor fala sobre significado da Páscoa para os protestantes: “É o sacrifício e a libertação”