header top bar

section content

Cristiano Ronaldo é acusado de sonegar R$ 29 milhões

Até o momento, o jogador já pagou 6 milhões de euros à Receita Federal da Espanha.

Por Priscila Belmont

25/05/2017 às 10h38

Cristiano Ronaldo terá que lidar com a justiça espanhola Foto: GERARD JULIEN / STF

Depois de Messi, agora é a vez de Cristiano Ronaldo acertar suas contas com o fisco espanhol. O atacante do Real Madrid é acusado de sonegar oito milhões de euros, aproximadamente R$ 29 milhões, referentes a direito de imagem recebido entre 2011 e 2014.

O jogador teria transferido esse dinheiro para uma conta no paraíso fiscal das Ilhas Virgens. Em 2014, antes de ser investigado, ele teria tentado regularizar a quantia. Até o momento, já pagou 6 milhões de euros à Receita Federal da Espanha.

Ainda assim, ele deve ser processado. Falta a definição se o português será alvo de um processo criminal ou apenas um processo administrativo.

Cristiano Ronaldo se junta a Messi nos problemas fiscais. O argentino, nesta quarta-feira, foi condenado a 21 meses de prisão por causa de três crimes fiscais cometidos entre 2007 e 2008. Messi deixou de declarar cerca de R$ 36 milhões.

Extra

ÁGUA

VÍDEO: Prefeito de Santa Helena inaugura barragem na comunidade São Bento e açude já acumula água

CAMPEONATO PARAIBANO 2019

Ele vem aí! Sousa Esporte Clube apresenta novo time e garante lutar com raça pelo título do Paraibano

DESTAQUE INTERNACIONAL

VÍDEO: Em Cajazeiras, palestrante filho de paraibanos fala das suas experiências no Brasil e no exterior

"AQUI NESSA MESA DE BAR"

VÍDEO: Homenagem a garçons de Cajazeiras no programa Xeque-Mate tem música, drinks e boas histórias