header top bar

section content

Tumulto em fanzone da Juventus em Turim deixa cerca de 600 feridos

Segundo jornal italiano, ao contrario do que foi publicado inicialmente, não houve explosão

Por Priscila Belmont

04/06/2017 às 10h31

© Giorgio Perottino / Reuters

Dos 40 mil torcedores reunidos na praça San Carlo, em Turim, para torcer para a Juventus, que enfrentou o Real Madrid na final da Liga dos Campeões na noite deste sábado (3), mais de 600 saíram feridos, de acordo com a imprensa italiana.

Segundo o jornal “La República”, ao contrário do que foi publicado inicialmente, não houve explosão. Um grupo teria gritado “bomba, bomba”. Na correria, as pessoas caíram no chão e se feriram. Cacos de vidro e grades de proteção, além das pisoteadas, teriam machucado os torcedores.

Não há relatos de ferimentos graves nem de mortes. O número certo de feridos ainda não foi contabilizado, eles estão sendo atendidos nos hospitais da região. Vídeos publicados na internet mostram pessoas sangrando e muitos itens perdidos.

As primeiras notícias diziam que um morteiro teria sido lançado no meio da multidão. No entanto, a policia afirma que um alarme falso de bomba foi lançando na multidão, que entrou em pânico e começou a correr. As informações ainda estão desencontradas. Há quem afirme ter ouvido uma explosão.

As autoridades locais estão investigando o caso.

Notícia ao Minuto

SAÚDE E BEM-ESTAR

VÍDEO: Sangramento nas regiões do reto e do ânus pode ser sinal de doença grave, avisa médico

APOIO DE CRAQUE

VÍDEO: Embaixador do Campeonato Paraibano, Hulk diz que está à disposição para ajudar clubes do Sertão

COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS

VÍDEO: Para advogado da OAB de Cajazeiras, investir em presídios e não em escolas é ‘enxugar gelo’

VÍDEO

Jovem jornalista estreia programa na TV e conta tudo sobre o Atlético de Cajazeiras no Paraibano 2019