header top bar

section content

Tática x testes: Tite busca solução e vai mudar a Seleção para enfrentar a Austrália

No dilema entre manter a organização e observar mais jogadores, técnico procura melhor formação para mexer sem prejudicar padrão de jogo. Time será diferente na terça-feira

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

10/06/2017 às 09h19

Tite e seu auxiliar Matheus Bachi comandam treino com reservas (Foto: Pedro Martins/MoWA Press)

Tite pouco descansou após sua primeira derrota na seleção brasileira. Apenas 10 horas depois de deixar o estádio onde perdeu por 1 a 0 para a Argentina, que teve a estreia de Jorge Sampaoli, o técnico, além do sono prejudicado pelas chances de gol perdidas, já comandou um treino apenas com reservas em campo, na cidade de Melbourne. E alguns deles serão novidades na partida de terça-feira, às 7h05 (horário de Brasília), contra a Austrália.

O dilema de Tite agora é: como observar o maior número possível de jogadores sem perder a organização da maneira de atuar, para os que entrarem não serem prejudicados coletivamente?

O técnico quer ampliar o leque de opções para a Copa do Mundo de 2018, mas sabe que se, por exemplo, escalar 11, 10 ou 9 jogadores diferentes, eles não vão conseguir render, em razão do desentrosamento e da desfiguração tática da equipe, e a disputa pelas vagas ficará desigual.

O verbo do momento em Melbourne é “oportunizar”. Tite repete isso a cada instante. Significa que ele quer dar aos atletas oportunidade de buscar uma vaga no Mundial da Rússia. Na derrota para a Argentina, entraram Rafinha, Douglas Costa, Giuliano e Taison, este no finalzinho, no lugar de Gabriel Jesus, que saiu após um choque no rosto.

Há outros jogadores na lista para serem vistos diante da Austrália. Ou que atuam no Brasil, casos de Diego Souza, Rodrigo Caio e Rodriguinho, ou aqueles que jamais haviam sido chamados pelo técnico, como Diego Alves, David Luiz, Jemerson e Alex Sandro. Muito dificilmente todos jogarão. São seis substituições permitidas no amistoso. Mas o técnico quer afunilar suas observações.

Na manhã de domingo (noite de sábado no horário de Brasília), a Seleção fará seu penúltimo treino em solo australiano. Nele, Tite deve dar pistas ou até mesmo a definição da equipe para o jogo de terça. Os relatórios médico e físico sobre o estado dos jogadores depois do clássico sul-americano também ajudará a montar o time.

GE

SAÚDE E BEM-ESTAR

VÍDEO: Sangramento nas regiões do reto e do ânus pode ser sinal de doença grave, avisa médico

APOIO DE CRAQUE

VÍDEO: Embaixador do Campeonato Paraibano, Hulk diz que está à disposição para ajudar clubes do Sertão

COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS

VÍDEO: Para advogado da OAB de Cajazeiras, investir em presídios e não em escolas é ‘enxugar gelo’

VÍDEO

Jovem jornalista estreia programa na TV e conta tudo sobre o Atlético de Cajazeiras no Paraibano 2019