header top bar

section content

Jogador de futebol morre aos 26 anos em acidente de carro em Curitiba

Por causa do impacto, o Audi de Jonas Pessalli arrancou um poste e uma placa de sinalização. Um amigo que o acompanhava não se feriu

Por Priscila Belmont

13/06/2017 às 08h40

Foto: Reprodução/UOL

O jogador do Paraná Clube Jonas Pessalli, de 26 anos, morreu na madrugada desta segunda-feira (12/6) após bater o carro em um poste, em Curitiba. O acidente ocorreu por volta das 4h30 e o rapaz perdeu a vida na hora. O impacto da colisão no veículo, da marca Audi, foi tão forte que arrancou o poste e uma placa de sinalização.

Segundo o Corpo de Bombeiros, um amigo de Pessalli, que estava no veículo do jogador, teve ferimentos leves e recusou atendimento médico. Ele, aparentemente, não tinha ferimentos. Ambos voltavam de uma festa de aniversário.

O corpo do meio-campista ficou preso às ferragens. Os socorristas levaram pelo menos três horas para retirá-lo do carro. Houve lentidão no trecho e mais de cinco mil unidades consumidoras ficaram sem luz por causa da queda do poste. Às 8h40, o serviço já estava restabelecido.

Carreira

Formado no Grêmio, Pessalli se destacou nas categorias de base do tricolor gaúcho. Em 2010, aos 19 anos, era considerado prodígio e substituto do meia Douglas no elenco profissional. Mas Pessalli passou pelo clube sem ter uma longa sequência no time principal: disputou seis jogos, 306 minutos. O atleta ainda atuou no Grêmio Barueri-SP antes de embarcar, em 2012, para o futebol da França, onde defendeu Angers e VLF Luçon.

Jonas Pessalli, de 26 anos, morreu na madrugada desta segunda-feira (12/6)

Ele foi contratado pelo Paraná em janeiro deste ano. Atuou em oito jogos — três pelo Campeonato Paranaense, três pela Copa do Brasil e dois pela Copa da Primeira Liga.

Em nota, o presidente do Paraná, Leonardo do Oliveira, determinou luto oficial de três dias.

“É com pesar que o Paraná Clube comunica o falecimento do atleta Jonas Henrique Pessalli. O jogador, vítima de um acidente automobilístico nesta segunda-feira (12), deixa esposa e três filhos.

A diretoria do Paraná Clube se solidariza com a família do atleta e está prestando toda a assistência possível neste momento de profunda tristeza.

O presidente Leonardo do Oliveira decreta luto oficial de três dias. Aos familiares e amigos, os nossos mais sinceros sentimentos”.

Metropoles

GOVERNADOR ELEITO

VÍDEO: Em entrevista exclusiva, João Azevêdo agradece Sertão pela vitória e revela planos para a região

ENTREVISTA ESPECIAL

DIA DO MÉDICO: Um dos médicos mais respeitados de Cajazeiras relata fatos marcantes do seu ‘sacerdócio’

RESULTADOS MARCANTES

VÍDEO: Na capital, jornalista cajazeirense avalia vitória de Azevêdo e derrota de Cássio: “Foi um marco”

ACONTECE EM NOVEMBRO

VÍDEO: Secretária da Prefeitura e gerente do Sebrae dão detalhes sobre a feira Expo Negócios Cajazeiras