header top bar

section content

Árbitros paraibanos recebem treinamento de instrutores da CBF e estão prontos para o estadual

Trabalhos de pré-temporada com os árbitros do quadro da FPF aconteceram no último fim de semana, com atividades distribuíbas na Vila Olímpica Parahyba e no CT Ivan Thomaz

Por GEPB

09/01/2019 às 08h49

Curso preparatório para os árbitros, coordenado por Arthur Alves, contou com a participação de instrutores da CBF (Foto: Divulgação/FPF)

O Campeonato Paraibano está muito próximo de começar. E, assim como os clubes estão em fase final de preparação, a Federação Paraibana de Futebol (FPF) comandou uma espécie de pré-temporada para a arbitragem. No último fim de semana, a entidade realizou uma bateria de testes para os árbitros e assistentes que vão comandar as partidas do estadual de 2019. As atividades, realizadas na Vila Olímpica Parahyba e no CT Ivan Thomaz, contaram com a coordenação de dois instrutores enviados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Paulo Camelo e Cláudio José, que aplicaram os trabalhos no padrão Fifa.

De acordo com Arthur Alves, que segue no comando a arbitragem na Paraíba, a série de atividades para os árbitros do estado vão ser constantes na gestão de Michelle Ramalho à frente da FPF. Segundo o dirigente, o processo de capacitação é um marco para o que chamou de “novos tempos da arbitragem paraibana”.

– Essas avaliações serão contínuas, com o intuito de criar uma nova arbitragem paraibana, com qualidade física e intelectual nunca vista antes no futebol paraibano – contou Arthur Alves.
Nas atividades físicas realizadas na pista de atletismo da Vila Olímpica Parahyba, os participantes foram submetidos a testes físicos rigorosos. Os árbitros e assistentes tiveram que se submeter a 6 tiros de 40 metros, no tempo máximo de 6 minutos e 20 segundos. Logo em seguida, eles fizeram mais 40 tiros de 75 metros, no tempo máximo de 15 segundos, cada tiro. A recuperação entre um tiro e outro era de 25 metros em 22 segundos. Para as árbitras, o teste foi o mesmo, só que o tempo mínimo dos tiros de 75 metros foi de 17 segundos e a recuperação era de 24 segundos.

Para os assistentes, os testes foram menos rígidos. Foram 5 tiros de 30 metros, com o tempo mínimo de 4 minutos e 90 segundos, mais 40 tiros de 75 por 25 metros, em 15 e 24 segundos. Teve ainda um CODA (movimento específico realizado pelos assistentes), em 10 minutos e 20 segundos. Entre as mulheres, a mudança foi apenas nos tempos. Para os 5 tiros de 30 metros, 5 minutos e 30 segundos. Em relação aos 40 tiros de 75 por 25 metros, os tempos exigidos foram 17 e 26 segundos. E no CODA, o tempo foi 11 minutos e 20 segundos. Enquanto isso, no no CT Ivan Thomaz, os profissionais da arbitragem passaram pelos testes teóricos.

Ao mesmo tempo em que os árbitros realizam os testes de capacitação, a FPF também reforça o seu quadro de arbitragem. No fim de semana, a entidade confirmou a contratação do árbitro paulista Marcelo Aparecido de Souza, que apitou a decisão do Campeonato Paulista de 2018, entre Corinthians e Palmeiras. A partir de agora, o experiente juiz vai ser o principal homem do apito na Paraíba.

FPF ainda sem uma comissão de arbitragem

Apesar dos avanços técnicos, a arbitragem paraibana segue sem a definição sobre a nova comissão. Desde que José Renato Soares foi afastado e, posteriormente, banido do futebol devido ao envolvimento na Operação Cartola, que investigou esquemas de corrupção na Paraíba, o setor não teve mais tranquilidade.

Desde o momento em que a FPF estava sob a intervenção de João Bosco Luz, o dirigente Arthur Alves é quem passou a comandar a arbitragem, algo que foi mantido com a eleição de Michelle Ramalho à presidência da entidade. Porém, ainda não há uma comissão que seja considerada definitiva.

Fonte: GEPB - https://globoesporte.globo.com/pb/futebol/campeonato-paraibano/noticia/arbitros-paraibanos-recebem-treinamento-de-instrutores-da-cbf-e-estao-prontos-para-o-estadual.ghtml

MUITO ESTRAGO

VÍDEOS: Chuva com vendaval causa destruição de prédios em Cajazeiras e Sousa e assusta moradores

DE 22 A 27 DE JANEIRO

VÍDEO: Teatro Ica completa 34 anos em Cajazeiras com extensa e diversificada programação cultural

DE 2017 PARA ESTE ANO

VÍDEO: São José de Piranhas tem aumento alarmante de homicídios em 2018; confira balanço da PM na região

VIXE!

VÍDEO: Vidente detalha futuro da imprensa de Cajazeiras e prevê mortes: “Não chega às festas juninas”