header top bar

section content

Sindicato encaminha ofício à FPF pedindo volta dos árbitros paraibanos aos jogos do estadual

Entidade quer que profissionais que não foram citados nas investigações da Operação Cartola sejam incluídos nas escalas para árbitro principal. FPF não tem previsão para o caso

Por GEPB

18/01/2019 às 08h01

Federação Paraibana de Futebol (FPF), muda data de jogo entre Campinense e Sousa

O Sindicato dos Árbitros de Futebol do Estado da Paraíba (Sinafep) encaminhou ofício endereçado à Federação Paraibana de Futebol (FPF), em que pede que a entidade máxima do futebol estadual reveja algumas das decisões da Comissão Estadual de Arbitragem, no tocante à escalação dos profissionais que estão atuando na competição estadual. O pedido do Sindicato é especificamente para que os árbitros do estado que não foram indiciados na Operação Cartola, do Ministério Público e da Polícia Civil, possam novamente ser incluídos nos sorteios para os jogos do Campeonato Paraibano, desde que tenham sido aprovados nas avaliações antes do início da temporada 2019.

O documento pede também para que a FPF reveja o valor que é pago pelo deslocamento dos profissionais para atuação nas partidas do estadual possa passar dos atuais R$ 0,43 por quilômetro rodado, para R$ 0,60 quando for cobrado de forma individual. Caso o deslocamento seja feito pela equipe completa, a solicitação é para que o valor pago pelo quilômetro rodado seja de R$ 1,20.

Sindicato dos Árbitros Paraíba (Foto: Reprodução)

O ofício encaminhado pelo Sindicato dos Árbitros foi assinado pelo presidente Emanuel Diniz, que também faz parte dos quadros de arbitragem da Federação Paraibana e direcionada diretamente para a presidente Michelle Ramalho. Vale lembrar que até agora nenhum árbitro paraibano foi escalado para apitar os jogos do estadual. Apenas profissionais de São Paulo e de Sergipe trabalharam nos seis jogos já realizados até o momento.

A FPF DISSE QUE…
– Temos poucos árbitros aptos. Eu queria poder botar eles, estou avaliando quando vamos colocar. Mas temos poucos árbitros que passaram na teórica e na física (provas). E a gente tem um convênio com a CBF e com a Federação Sergipana de Futebol que a FPF não arca com os pagamentos aos árbitros de Sergipe que vêm apitar aqui. Estamos tentando colocar só árbitros de fora que sejam da CBF – explicou o coordenador de arbitragem da FPF, Artur Alves.

Fonte: GEPB - https://globoesporte.globo.com/pb/futebol/campeonato-paraibano/noticia/sindicato-encaminha-oficio-a-fpf-pedindo-volta-dos-arbitros-paraibanos-aos-jogos-do-estadual.ghtml

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Professora cajazeirense que milita em Sousa fala de desafios, manda recado e chora ao relembrar do filho

FOI ABANDONADA

VÍDEO: Mototaxista recupera moto que foi roubada em Cajazeiras e dá detalhes de como o crime aconteceu

AÇÃO NA JUSTIÇA

VÍDEO: Prefeita de Joca Claudino diz que está trabalhando para resolver situação de salários atrasados

DIA DOS PROFESSORES

VÍDEO: Professora de Patos relata prazeres e desafios da profissão: “Sou professora com muito orgulho´”