header top bar

section content

Sem emprego, Ronaldinho Gaúcho quer ser empresário e cantor de funk e pagode

De acordo com o colunista Leo Dias, o jogador anda de olho em funkeiros e pagodeiros para empresariar.

Por

08/10/2015 às 08h34

O jogador pensa em ser cantor (Foto: Divulgação)

Parece que, após sair do Fluminense, Ronaldinho Gaúcho, vai investir em algo que sempre gostou: música. De acordo com o colunista Leo Dias, o jogador anda de olho em funkeiros e pagodeiros para empresariar. Além disso, o gaúcho também pensa em compor e cantar.
 
No currículo, Ronaldinho tem a vantagem de já ter feito uma parceria com a dupla sertaneja João Lucas e Marcelo na música ‘Vamos Beber’ e até ter se apresentado ao lado dos sertanejos na boate Pink Elephant, do Rio de Janeiro, em junho deste ano. 
 
Agora, o meia quer investir em cantores que ainda não alavancaram a carreira, e tem, inclusive, oferecido pagar a multa rescisória dos músicos que já possuem empresário. A  informação não foi confirmada pela assessoria de Ronaldinho.

Bahia Notícias

Tags:

VÍDEO: Psicologia no Ar recebe diretores e psicóloga de organização que promove cidadania em Cajazeiras

NOVIDADES

Xeque-Mate visita lançamento do novo plano da Eletrosorte, que firmou parceria com gigante dos seguros

FUTEBOL DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Dirigentes e ex-jogadores relembram histórias marcantes do Duque de Caxias, que completou 50 anos

VÍDEO: Programa de rádio que é sucesso na região de Campina fecha parceria com emissora de Cajazeiras