header top bar

string(16) "diario-esportivo"

section content

Com dois de Pato, São Paulo vence o Vasco e fica muito perto da semifinal

Luis Fabiano completa placar de 3 a 0 sobre equipe cruz-maltina, mas deixa o Morumbi diretamente para o hospital após machucar as costelas

Por

24/09/2015 às 07h35

Alexandre Pato sobe no escudo para comemorar o gol 3.000 do São Paulo no Morumbi (Foto: Miguel)

Se na Séria A ainda patina dentro e fora do G-4, na Copa do Brasil o São Paulo não deu qualquer brecha ao adversário. Com dois gols de Alexandre Pato e outro de Luis Fabiano, o Tricolor venceu por 3 a 0 o Vasco, nesta quarta-feira, no Morumbi, e, diante de 23.326 torcedores, abriu importante vantagem no jogo de ida das quartas de final da competição e mantém firme na busca do título inédito.  Já a equipe cruz-maltina, que já vive um drama para escapar do rebaixamento no Brasileiro, encontrou mais um obstáculo a ser superado na temporada.

As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira, no Rio de Janeiro. Para se classificar, o Vasco terá de vencer por quatro ou mais gols de diferença. Se fizer 3 a 0, leva a decisão para os pênaltis. Já o São Paulo avança à semifinal mesmo se perder por três gols, isso se marcar um ou mais gols. Antes, as duas equipes voltam a campo pelo Brasileiro, domingo, com clássicos regionais. O Tricolor recebe o Palmeiras no Morumbi, e os cruz-maltinos enfrentam o Flamengo no Maracanã.

A partida começou com um certo equilíbrio. Mas o Vasco cometeu o pecado de recuar a marcação e esperar o São Paulo em seu campo. 

Assim, Alexandre Pato teve espaço para buscar a bola na intermediária, dominar e acertar um belo chute, abrindo o placar aos 26 minutos. Foi o gol 3.000 mil do Tricolor no Morumbi. Sem forçar muito mais, o time da casa conseguiu ampliar aos 36 minutos, depois que Paulo Henrique Ganso encontrou Luis Fabiano em boa posição na área. Ele dividiu com Martín Silva e a bola sobrou para Pato ajeitar e fazer o segundo do São Paulo. Na segunda etapa o Vasco buscou o ataque e teve mais a posse de bola, mas não foi efetivo. Ao contrário de Luis Fabiano, que depois de perder uma chance incrível aos cinco minutos, cumpriu seu papel aos 30, marcando de cabeça o terceiro. Pouco depois o Fabuloso precisou deixar o campo após bater com as costelas no chão, indo diretamente para o hospital. Isso deixou o São Paulo com um a menos nos últimos 10 minutos, mas a equipe conseguiu se manter firme e confirmar a vitória com tranquilidade.

GE

Tags:
ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Diversidade em Foco com professor de Português destaca as variações da nossa língua

HERANÇA ARTÍSTICA

VÍDEO: Filho de grande nome da música brasileira agita a Festa do Brega no Cajazeiras Tênis Clube

EM JOÃO PESSOA

VÍDEO E FOTOS: Posse da nova diretoria da API é marcada por repentes, lançamento de livro e emoção

DUPLA CERIMÔNIA

VÍDEO: OAB lança em Cajazeiras as chapas para as eleições da Seccional Paraíba e da Subseção local