header top bar

string(16) "diario-esportivo"

section content

Neymar faz dois em 45 minutos e Seleção atropela os EUA em Boston

Atacante chega aos 46 gols com a amarelinha e fica a dez de igualar Romário. Hulk e Rafinha também marcam e ajudam na vitória antes de estreia nas eliminatórias

Por

09/09/2015 às 07h25

Neymar precisou apenas de 45 minutos para mostrar o seu cartão de visitas aos torcedores de Boston. Nesta terça-feira, o camisa 10 entrou no intervalo e marcou dois gols na vitória da seleção por 4 a 1 sobre os Estados Unidos (assista aos melhores momentos acima). Os outros foram de Rafael Alcântara e Hulk – Danny Williams descontou no apagar das luzes. O resultado deu tranquilidade para a equipe nacional se preparar para a estreia nas eliminatórias, no dia 8 de outubro, contra o Chile, em Santiago.  

Com os gols marcados nesta terça-feira, Neymar chegou aos 46 com a camisa da Seleção em 67 partidas. O craque está a dez de Romário, o quarto maior goleador da história do time nacional. Pelé lidera a lista, com 95. Já Hulk retornou a seleção brasileira após mais de um ano longe. E o atacante do Zenit, atuando como autêntico centroavante, deu conta do recado. Ele marcou duas vezes nos amistosos diante da Costa Rica e dos Estados Unidos.

Convocado para a vaga de Ramires, cortado por lesão, Rafael Alcântara foi outro que deu conta do recado. Durante os treinos era fácil perceber o encantamento da comissão técnica com o jogador do Barcelona. Utilizado por Dunga nos dois amistosos, o meia marcou um dos gols no triunfo diante dos Estados Unidos. O meia Lucas Lima, do Santos, foi outro que se destacou no amistoso desta terça-feira. Distribuindo bem as jogadas no meio de campo, o atleta sai em alta dos Estados Unidos e tem tudo para ser mantido para os jogos das eliminatórias.

Trio entra e constrói goleada
No primeiro tempo, o Brasil foi melhor, mas econômico: só foi para o intervalo na frente por conta do oportunismo de Hulk, que aproveitou rebote para abrir o marcador aos oito. Na etapa final, Neymar, Lucas e Rafinha deram mais ânimo à Seleção. Não à toa foram decisivos para os outros gols – o meia-atacante do PSG como garçom e a dupla do Barça na conclusão. No apagar das luzes, Danny Williams  descontou com um chute de longe.

GE

Tags:
CLUBE VIVE IMPASSE

VÍDEO – Representante do Atlético em reunião da FPF apresenta fórmula para participar do Paraibano 2019

VÍTIMA DA DIABETES

VÍDEO: Ameaçada de perder o segundo pé, idosa de Cajazeiras pede ajuda para adquirir sandália especial

ASSISTA

VÍDEO: ‘Mensagem de Esperança’ debate o mundo e o mal, sexo e outros temas

PARTICIPE!

VÍDEO: Gerente do Sebrae fala de revolução tecnológica em feira de Cajazeiras e convida empreendedores