header top bar

section content

Campinense vence o Auto Esporte e se isola na liderança da fase final

Time marca duas vezes no segundo tempo e abre quatro pontos de frente ao Botafogo

Por

22/05/2015 às 07h40

Raposa está ficando cada vez mais perto do título (Foto: Nelsina Vitorino / Jornal da Paraíba)

Dois jogos, duas vitórias. O Campinense iniciou o quadrangular decisivo do Campeonato Paraibano de forma avassaladora. Depois de vencer o Treze na primeira rodada, o time rubro-negro derrotou nesta quinta-feira o Auto Esporte por 2 a 0, no Estádio Amigão, e disparou na liderança com seis pontos conquistados, quatro a mais do que o vice-líder Botafogo.

Em campo, porém, o time sofreu para superar o adversário. Isso porque os gols que garantiram a vitória ao Campinense só saíram no segundo tempo, com os atacantes Nando e Reginaldo Júnior.

O Auto, que ainda não venceu nesta fase, segue com apenas um ponto e termina a segunda rodada do quadrangular ao lado do Treze, na última colocação da tabela. Na próxima quarta-feira, a Raposa volta a jogar em casa, agora contra o Botafogo. Já o Alvirrubro receberá o Galo no Estádio Almeidão.

Primeiro tempo fraco

Os dois times fizeram um primeiro tempo sem grandes emoções. Na maioria das vezes em que tentavam criar algo, o lance era parado com falta. A Raposa entrou em campo com  a mesma equipe que superou o rival Treze na estreia, mas criou poucas chances de gols. Em uma delas, Luiz Fernando bateu escanteio, mas o goleiro Vladimir fez a defesa com segurança. No Auto, a equipe jogava fechada, mas explorando as jogadas pela ponta com Gil Bala. No entanto, o time não conseguiu chegar ao gol de Gledson e a primeira etapa terminou sem gols.

Raposa se impõe

Campinense e Auto Esporte voltam determinados a mudar o panorama do jogo no segundo tempo. Empurrado pela sua torcida, o Rubro-Negro começou pressionando o adversário. Aos quatro minutos, Osvaldir cobrou falta para dentro da área, mas Felipe Alves cabeceou para fora.

O Auto deu o troco em grande estilo. Felipe Ramon avançou e arriscou de fora da área. Atento, Glédson se esticou e mandou a bola pela linha de fundo. Na sequência, o goleiro raposeiro fez outra boa defesa. Imediatamente, a Raposa  respondeu. Jefferson entrou na grande área e tocou para Felipe Alves, mas o goleiro Vladimir conseguiu afastar o perigo. Foi o seu último lance de atacante, já que em seguida ele foi substituído por Nando.  

E a estrela do atacante acabou brilhando. Em seu primeiro lance, Nando encontrou o caminho das redes do Auto Esporte, aos 19 minutos. Após receber a bola de Jefferson Recife, o jogador chutou forte, sem chances para Vladimir. Após muita apreensão, a torcida ainda pôde soltar  mais uma vez o grito de gol, aos 38 minutos, quando Reginaldo Júnior ampliou o placar.

O atacante recebeu de Neto e chutou fora do alcance do camisa 1 automobilista. 

GE

Tags:
DÍVIDAS ALTAS

EXCLUSIVO: Juiz se pronuncia sobre processo trabalhista que pode tirar Atlético do Campeonato Paraibano

FUTEBOL

VÍDEO: Diário Esportivo traz resumo da 2ª rodada do Paraibano e detalhes da nova contratação do Atlético

COM CHICO CARDOSO

VÍDEO: ‘Briga’ entre Zé Aldemir e Airton, e Tyrone com os Gadelhas são os destaques do Direto ao Ponto

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Advogadas tiram dúvidas sobre Previdência Social e criticam atendimento no INSS de Cajazeiras