header top bar

section content

Atlético-MG visita preocupado Bahia e garante bi em caso de vitória

Os baianos têm que vencer os mineiros para ultrapassarem Athletico-PR e Cuiabá e continuarem dependendo de si para seguirem na Série A

Por Agência Brasil

02/12/2021 às 10h39

Atlético-MG (Foto: Agência Galo / Clube Atlético Mineiro)

O dia que a torcida do Atlético-MG espera há 50 anos pode, enfim, ter chegado.

Nesta quinta-feira (2), o Galo enfrenta o Bahia na Arena Fonte Nova, em Salvador, às 18h (horário de Brasília), em partida atrasada da 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Em caso de vitória, o Alvinegro assegura, por antecipação, a taça da competição, que não conquista desde 1971.

O torcedor atleticano tinha expectativa de fazer a festa na última terça-feira (30), mas a vitória do vice-líder Flamengo sobre o Ceará, por 2 a 1, no Maracanã, no Rio de Janeiro, adiou a comemoração.

Ao menos aquela oficial, uma vez que o coro de bicampeão já tomou as arquibancadas do Mineirão, em Belo Horizonte, após o triunfo por 2 a 1 sobre o Fluminense, no último domingo (28).

O Galo soma 78 pontos, oito a mais que o Rubro-Negro, com ambos tendo nove pontos a disputar.

Em caso de empate ou derrota, a taça pode ser assegurada pelos mineiros na sexta-feira (03), isso no caso de os cariocas não superarem o já rebaixado Sport na Arena Pernambuco, às 20h, com transmissão ao vivo da Rádio Nacional.

O técnico Cuca não poderá contar com os volantes Allan e Jair e com o atacante Diego Costa, todos suspensos, além do zagueiro Réver, contundido.

A expectativa é que o treinador mande o Galo a campo com: Everson; Mariano, Nathan Silva, Junior Alonso e Guilherme Arana; Tchê Tchê, Alan Franco, Matias Zaracho e Nacho Fernández; Hulk e Eduardo Vargas.

O duelo também é fundamental para o Bahia, que aparece na 17ª posição, a primeira na zona de rebaixamento, com 40 pontos.

O Esquadrão de Aço teve a oportunidade de sair do Z4 na última terça, mas a desperdiçou ao perder por 2 a 1 para o Atlético-GO, no estádio Antônio Accioly, em Goiânia.

Os baianos têm que vencer os mineiros para ultrapassarem Athletico-PR e Cuiabá e continuarem dependendo de si para seguirem na Série A.

O lateral Juninho Capixaba, que tem atuado como ponta-esquerda, foi expulso contra os goianos e desfalca o time comandado por Guto Ferreira.

O zagueiro Luiz Otávio, com dores no joelho, já não enfrentou o Atlético e é dúvida.

O provável Bahia desta quinta terá: Danilo Fernandes; Nino Paraíba, Germán Conti, Gustavo Henrique e Matheus Bahia; Patrick de Lucca, Lucas Mugni e Rodriguinho; Rossi, Raí Nascimento e Gilberto.

Também nesta quinta-feira, o Grêmio recebe o São Paulo na Arena, em Porto Alegre, a partir das 20h, em confronto que pode decretar o rebaixamento dos anfitriões em caso de empate ou derrota.

Os gaúchos somam 36 pontos, na 18ª e antepenúltima posição, seis pontos atrás do Athletico-PR, primeiro time fora do Z4, com nove pontos em disputa.

O Tricolor paulista, com 45 pontos, tem de ganhar para se livrar de vez do risco de queda à Série B.

HISTÓRIAS DO CANGAÇO

VÍDEO: Professor faz comentário sobre Corisco e fala da sua importância no bando de Lampião

SE EMOCIONOU

VÍDEO: Lula chora ao falar que morou em quartinho com 13 pessoas: “Vou voltar para mudar”

CONHEÇA

VÍDEO: Ótica A Graciosa em Cajazeiras destaca promoção para clientes renovarem exame de vista

OPINIÃO

VÍDEO: Pesquisador diz que salário mínimo deveria ser R$ 3 mil e que famílias não têm consumo consciente

Recomendado pelo Google: