header top bar

section content

Projeto Karatê Campeão de Cajazeiras conquista 3º lugar no Open de Campina Grande

De acordo com Gildemar, dos quase 100 alunos praticantes do Projeto, 80% são oriundos de Escola Pública

Por

18/05/2015 às 18h23

O Projeto Karatê Campeão de Cajazeiras conquistou o 3º Lugar Geral no II Open de Karatê de Campina Grande. O professor Gildemar Pontes agradeceu ao diretor do CFP/UFCG, professor Antônio Fernandes, pelo apoio ao projeto.

“De parabéns todos que compõem o Projeto Karatê Campeão, a Universidade Federal de Campina Grande, pioneira nesta modalidade de Extensão, a Federação de Karatê Marcial Interestilos da Paraíba-FKMIPB, os pais e parentes que acompanham e se alegram com a alegria dos seus filhos. Nós somos uma família composta de muitas famílias”, disse. 

De acordo com Gildemar, dos quase 100 alunos praticantes do Projeto, 80% são oriundos de Escola Pública, o que engrandece e serve de exemplo como alternativa ao caos e ao desrespeito que tomou conta da escola em todos os níveis. 

“Nesses dois anos de atuação, o Karatê tem promovido a inserção de inúmeros jovens alunos no mundo da arte marcial. Os alunos do Projeto Karatê Campeão são bons no Karatê e bons na Escola. A maioria está acima da média do rendimento escolar e percebe-se o comportamento diferenciado por onde passam, recebendo elogios pela postura e pelo respeito que demonstram nas relações sociais de que participam”, disse o professor.

Segundo Gildemar, o Karatê é mais que um esporte e desenvolve habilidades motoras, disciplina os sentidos e integra a educação do espírito na filosofia do respeito e do autoconhecimento. 

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
DEPENOU O GALO

VEJA OS GOLS: Atlético de Cajazeiras vence o Treze de Campina e assume a liderança isolada do Paraibano

NA TELA DA TV DIÁRIO

Diário Esportivo traz tudo sobre a 2ª rodada do Paraibano; Tático narra gol da vitória do Atlético

SE CUIDE!

VÍDEO: No Janeiro Branco, Diversidade em Foco promove uma ‘Conversa sobre suicídio e como evitá-lo?’

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”