header top bar

section content

Nacional de Pombal investe em atletas experientes para a 2ª divisão

Na segunda divisão do Paraibano, o Nacional de Pombal se encontra no grupo do Sertão

Por

13/08/2014 às 08h45

O técnico do Nacional de Patos, Reginaldo Sousa, afirmou que o time está investindo na contratação de jogadores mais experientes para disputar a segunda divisão do Campeonato Paraibano. Para isso, a diretoria do clube já contratou atletas que já passaram por times da primeira divisão do estadual, como é o caso de Manú e Val Paraíba.

Reginaldo Sousa revelou também que os atacantes Manú (ex-Sousa e Treze) Raí Keleu (ex-Treze), o goleiro Ricardo (ex-Campinense, Sousa e Treze), o volante Israel (ex-Campinense) e os zagueiros Alison e Jaime (ex-Sousa) também vão fazer parte do grupo do Nacional na segunda divisão.

– Eu fiz questão de montar um time com a espinha dorsal de times da terra, com jogadores conhecidos da torcida daqui. Até o momento temos vinte contratados, mas o elenco vai ser fechado com 24 a 25 atletas. Os treinamentos do time vão começar no dia 20 deste mês – revelou o treinador.

Enquanto a data marcada não chega, metade do elenco já está na cidade de Pombal e vem realizando a pré-temporada aprimorando a parte física com Adriano Vanderlei, preparador físico da equipe. Os treinos estão acontecendo no campo da AABB.

Na segunda divisão do Paraibano, o Nacional de Pombal se encontra no grupo do Sertão. A competição, inicia no dia 27 deste mês, mas a equipe só estreia no dia 28, diante do Internacional de Teixeira.

Globoesporte

Tags:

Recomendado para você pelo google

MUITA HISTÓRIA

VÍDEO: Idosa da cidade de Patos completa 107 anos com lucidez e bom humor; conheça sua história de vida

ROTINA

VÍDEO: Homem é preso na cidade de Cajazeiras após furtar celulares de loja em dois dias seguidos

NÃO QUIS ESPERAR

VÍDEO: Vereador de Itaporanga rompe com deputado estadual e anuncia que será candidato a prefeito

NOVO DECRETO

VÍDEO: Exonerações, cortes e proibições na prefeitura de Cajazeiras é para garantir 13º, diz secretário