header top bar

string(16) "diario-esportivo"

section content

FPF quer mudar datas da Série C para encerrar o Paraibano antes da Copa

Conselho Arbitral de emergência realizada na sede da Federação Paraibana de Futebol terminou com proposta inusitada. Ideia é terminar competição antes da Copa

Por

25/04/2014 às 09h22

A proposta é mudar a Série C do Brasileirão (Foto: Amauri Aquino / GloboEsporte.com/pb)

O Conselho Arbitral de emergência realizado na tarde desta quinta-feira, na sede da Federação Paraibana de Futebol, terminou com uma proposta no mínimo curiosa. A entidade quer modificar quatro jogos da Série C do Campeonato Brasileiro, da quinta e da sexta rodada da competição, para que com isto consiga finalizar o Campeonato Paraibano antes do início da Copa do Mundo de Futebol, marcada para 12 de junho.

Na prática, nenhuma solução concreta foi tomada, porque a ideia que saiu do encontro depende de um aval da CBF. E assim, pelo menos por enquanto, a competição estadual segue com seus jogos sem saber quando terminará (levantamento do GloboEsporte.com/pb mostra que do jeito que está o Paraibano não termina antes de 16 de junho).

Caso a proposta da FPF seja aceita, dois jogos do Botafogo-PB e dois jogos do Treze que aconteceriam antes da Copa seriam adiados para depois do Mundial. Do lado do Belo, seriam modificados o jogo fora de casa contra o Paysandu (marcado para 24 de maio) e dentro de casa contra o Cuiabá (marcado para o dia 1º de junho). Já pelo lado do Treze, seriam modificados o jogo dentro de casa contra o Crac (marcado para 25 de maio) e fora de casa contra o CRB (marcado para 1º de junho.

A ideia, assim, era ter mais datas livres para que todos os duelos do Campeonato Paraibano fossem realizados antes do dia 12 de junho. Nem que para isto cada time precisasse jogar três partidas por semana até a grande final.

– Vamos tentar remanejar dois jogos de Botafogo e Treze no Campeonato Brasileiro da Série C para adequarmos o calendário do Campeonato Paraibano. E se não for possível, vamos nos limitar às datas que não coincidam com as competições nacionais – declarou Ariano Wanderley, integrante da Junta Administrativa que governa provisoriamente a FPF desde que a ex-presidente Rosilene Gomes foi afastada do cargo por decisão judicial.

O desfecho da reunião emergencial evidencia os conflitos e as discordâncias entre os clubes participantes do Paraibano. Muitos deles só têm contratos com seus jogadores até o fim de maio e não teriam como jogar a partir de junho. E segundo Ariano, isto é uma dificuldade a mais:

– Infelizmente não conseguimos consenso em nada, pois cada time tem seu interesse. Mas não vamos baixar a cabeça. Vamos atrás de uma solução.  

Fonte: Globo Esporte 

Tags:
ASSISTA

VÍDEO: ‘Mensagem de Esperança’ debate o mundo e o mal, sexo e outros temas

PARTICIPE!

VÍDEO: Gerente do Sebrae fala de revolução tecnológica em feira de Cajazeiras e convida empreendedores

PLANOS E METAS

VÍDEO: Cantor explica como pretende administrar o Atlético e declara que o problema do clube é político

CAMPEONATO PARAIBANO 2019

VÍDEO: Após vistoria técnica, representantes da CBF elogiam o estádio Perpetão: “É um dos melhores”