header top bar

string(16) "diario-esportivo"

section content

Léo Olinda diz que árbitro ‘errou duas vezes’ ao não expulsar Daniel por falta

Jogador automobilista leva carrinho e machuca o tornozelo. Ele reclama de árbitro por dar apenas cartão amarelo no lance e diz que rival deveria ter sido expulso

Por

25/04/2014 às 09h07

Léo Olinda, Meia do Auto Esporte (Foto: Hévilla Wanderley / GloboEsporte.com/pb)

Inconformado com a falta que o tirou da partida desta quinta-feira, entre CSP e Auto Esporte (que terminou empatada em 0 a 0), o meia Léo Olinda reclamou bastante da arbitragem. Segundo o jogador, o árbitro Laurismar Alves errou duas vezes ao não expulsar o volante Daniel, que foi o responsável pelo "carrinho desleal" que atingiu o calcanhar esquerdo do jogador do Auto.

O lance aconteceu no segundo tempo, quando o meia do Macaco Autino recebeu a bola no meio de campo e partiu para o contra-ataque pela direita. Antes que conseguisse chegar ao seu destino, foi parado com um carrinho violento de Daniel, que em seguida recebeu apenas o cartão amarelo do árbitro. 

– Foi um lance para expulsão e todo mundo viu. Inclusive, o auxiliar puxou um cartão para anotar a expulsão, mas quando viu que o árbitro principal ia dar só amarelo, ele recuou. Além de ter sido uma entrada dura, eu também era o último homem no ataque, então a arbitragem errou duas vezes ao não colocá-lo pra fora – afirmou Léo Olinda.

O meia vinha jogando bem contra o CSP, mas após o lance não conseguiu retornar a campo e saiu em uma maca, indo direto para o vestiário e sem conseguir colocar o pé no chão. Sentindo fortes dores, ele não sabe se vai poder jogar a próxima partida. 

– Eu estou sentindo muita dor. Só amanhã vamos saber a gravidade da lesão. Do momento em que aconteceu a pancada até agora já sinto uma ligeira melhora, por exemplo, estou conseguindo pisar no chão, mesmo com dor. Mas se continuar assim, não tenho condições para o próximo jogo – explicou o jogador, enquanto deixava o vestiário. 

Léo Olinda pode ser mais uma baixa para o Auto Esporte, que teve cinco desfalques contra o Tigre. A dupla de zaga titular, Léo Oliveira e Júlio, estava suspensa pelo terceiro cartão amarelo, assim como o meia Léo Lima. Já o volante Edmílson, que sentiu o púbis; e o meia Mael, com uma lesão no adutor; estão entregues ao Departamento Médico.

O Auto Esporte volta a campo na próxima segunda-feira, contra o Sousa. A partida acontece no Estádio da Graça.

Fonte: Globo Esporte 

Tags:
PARTICIPE!

VÍDEO: Gerente do Sebrae fala de revolução tecnológica em feira de Cajazeiras e convida empreendedores

PLANOS E METAS

VÍDEO: Cantor explica como pretende administrar o Atlético e declara que o problema do clube é político

CAMPEONATO PARAIBANO 2019

VÍDEO: Após vistoria técnica, representantes da CBF elogiam o estádio Perpetão: “É um dos melhores”

A ARTE DO CORPO

VÍDEO: Bailarino que dá aula de dança em Cajazeiras fala da sua trajetória e de projetos para a cidade