header top bar

section content

Depois da terceira derrota na 2ª fase, Auto Esporte dispensa três jogadores

Time ainda não venceu nesta segunda etapa do Paraibano. Atletas que estão fora do clube são todos experientes que tinham sido contratados para serem titulares

Por

28/03/2014 às 09h08

Manoel Demócrito, presidente do Auto Esporte. (Foto: Amauri Aquino / GloboEsporte.com/pb)

A diretoria do Auto Esporte dispensou nesta quinta-feira três jogadores de seu elenco, que assim não fazem mais parte do grupo que joga o Campeonato Paraibano. Estão fora do time o centroavante Dimas, o atacante Jackson e o meia Sóstenes. 

Todos jogadores experientes, que chegaram com expectativas de ser titular, mas que no final das contas tiveram poucas oportunidades no time titular do Auto.

A equipe alvirrubra, inclusive, já está na fase final, depois do segundo lugar conquistado na primeira fase do Campeonato Paraibano. E com as coisas dando certo neste primkeiro momento, os jogadores foram sendo mantidos no time, mesmo como reservas.

Nesta segunda fase, contudo, a situação do Auto se complicou um pouco. E em três jogos o time já acumula três derrotas. Isto acendeu o sinal de alerta no time, que confirmou as primeiras dispensas.

Estas, inclusive, aconteceram menos de 24h depois do Auto ser derrotado pelo CSP por 3 a 1, nesta quarta-feira, no Estádio Almeidão.

O presidente Manoel Demócrito comunicou a decisão aos jogadores nesta quinta-feira e os jogadores já foram liberados.

Fonte: Globo Esporte 

Tags:

Recomendado para você pelo google

DEZEMBRO VERMELHO

VÍDEO: Médico alerta secretários de saúde para os índices de casos de AIDS na região de Cajazeiras

"LACUNA IMENSURÁVEL"

VÍDEO: Cantor Biguinho se emociona ao falar sobre amizade e saudade do pai Big Boy, que faleceu este ano

CADA VEZ MAIS PERTO

VÍDEO: Aviso de licitação para estrada de Boqueirão é publicado e governador prevê data para dar a ordem

ELE É DE ALEXANDRIA-RN

VÍDEO: delegado fala sobre prisão de suspeito de tentativa de assalto em Sousa: ‘Estava na zona rural’