header top bar

section content

Estado da Paraíba registra 99 mortes violentas somente no mês de abril deste ano

Somando os quatro primeiros meses de 2018 foram registrados 418 mortes.

Por Portal Diário com G1 PB

21/06/2018 às 13h48

Estado já tem 418 mortes em apenas 6 meses

Foram registradas 99 mortes decorrentes de crimes violentos na Paraíba no mês de abril de 2018.

Em relação ao mês anterior, houve um aumento de seis mortes violentas. Somente no primeiro trimestre, foram registrados 319 mortes na Paraíba.

A redução das mortes violentas é ainda maior se levado em consideração os 127 mortes em janeiro deste ano. Para fins comparativos, a taxa de mortes violentas por grupos de 100 mil habitantes foi de 2,44 mortes em abril, demonstrando o aumento tênue em relação ao mês anterior. Em 2018, foram registrados 418 mortes violentas na Paraíba.

Os dados do Monitor da Violência são abastecidos por informações repassadas pela Secretaria da Defesa e Segurança Social (Seds) da Paraíba que constam no projeto Monitor da Violência. Ainda de acordo com o Monitor da Violência, no Brasil, 3.833 pessoas foram assassinadas somente no mês de abril. Já são 17.420 vítimas registradas nos primeiros quatro meses deste ano.

Entre os estados do Nordeste que divulgaram os dados em abril, a Paraíba apresenta em 2018 o que tem menor índice. A Paraíba tinha uma taxa de 2,44 mortes por 100 mil habitantes, bem abaixo do segundo estado com menor taxa, Bahia, com 3,02.

Fonte: https://g1.globo.com/pb/paraiba/noticia/paraiba-registra-99-mortes-violentas-em-abril-de-2018-mostra-monitor-da-violencia.ghtml

HERANÇA ARTÍSTICA

VÍDEO: Filho de grande nome da música brasileira agita a Festa do Brega no Cajazeiras Tênis Clube

EM JOÃO PESSOA

VÍDEO E FOTOS: Posse da nova diretoria da API é marcada por repentes, lançamento de livro e emoção

DUPLA CERIMÔNIA

VÍDEO: OAB lança em Cajazeiras as chapas para as eleições da Seccional Paraíba e da Subseção local

EX-ALIADO

VÍDEO: Vereador revela que defender professores foi a ‘bomba’ que iniciou rompimento com José Aldemir