header top bar

section content

Justiça Federal da Paraíba prorroga seleção de conciliadores e convoca quatro novos integrantes

Aprovados no módulo teórico do processo seletivo deverão participar de um treinamento, na próxima semana, para começarem a atuar no órgão

Por Portal Diário com Assessoria

16/11/2018 às 13h35 • atualizado em 16/11/2018 às 13h36

O edital foi publicado no site institucional do órgão e também convoca quatro novos integrantes aprovados na seleção.

Justiça Federal na Paraíba (JFPB) decidiu prorrogar a seleção de conciliadores voluntários, ocorrida em 2016, para mais dois anos, atendendo a necessidade do serviço. O edital, assinado pelo diretor do Foro e coordenador do Centro Judiciário de Solução Consensual de Conflitos e Cidadania (Cejusc), juiz federal Bruno Teixeira de Paiva, foi publicado no site institucional do órgão e também convoca quatro novos integrantes aprovados na seleção.

Clique AQUI para ver os nomes dos novos convocados.

Os candidatos convocados, que já participaram da parte teórica do Curso de Formação de Conciliadores, realizado pelo Conselho da Justiça Federal (CJF), passarão por um treinamento nesta segunda-feira (19), das 9h às 12h e das 13h às 16h, na Sala 2 do Cejusc, quando iniciam o estágio supervisionado e, consequentemente, serão empossados nas funções de conciliadores da JFPB.

O não atendimento à convocação anterior, por parte de alguns candidatos classificados e selecionados para o módulo teórico do curso de formação, realizado entre 07 de junho e 27 de julho deste ano, implicou, automaticamente, no remanejamento destes para o final da lista de aprovados no processo seletivo.

Recomendado para você pelo google

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: No Mês da Black Friday, concessionária Brazauto oferece preços e formas de pagamento especiais

VÍDEO

Vereador lamenta falta de doação ao Hospital Laureano e acusa prefeito de Pombal: “Virou as costas”

TROVÃO NO BRASILEIRÃO

VÍDEO: Prefeito se compromete a patrocinar o Atlético de Cajazeiras com R$ 20 mil mensais em 2020

É LEI OU NÃO?

VÍDEO: Advogado explica diferenças entre união homoafetiva estável e casamento gay no âmbito jurídico