header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

Paraibana emagrece 50kg com exercícios e reeducação alimentar

Ela relata que chorava durante as caminhadas com dores e vergonha.

Por

02/09/2015 às 08h30

Paraibana passou dos 110kg para os 60kg em cerca de dois anos (Foto: Andreia Teixeira)

Uma paraibana de 36 anos que enfrentava a obesidade mórbida conseguiu perder 50kg com exercícios, reeducação alimentar e muita perseverança. A empresária e produtora Andreia Teixeira chegou aos 110kg há cerca de oito anos, quando teve problemas na gravidez.

“Eu tive perda de líquido, complicações causadas pelo lúpus [doença autoimune, que em diferentes pessoas apresentam características distintas] e tive que tomar injeções de corticoide semanalmente para amadurecer rapidamente o pulmão do bebê. Tive que ficar do 6º ao 9º mês da gravidez na cama e terminei esse período com 50kg a mais que meu peso original”, explicou.

A filha de Andreia nasceu no tempo certo e com saúde, mas o peso que ela ganhou durante o período gestacional a deixou em pânico. “Me restou uma confusão comigo mesma. Eu não conseguia me olhar, sair de casa, me vestir. Quando minha filha estava com 1 ano e meio, eu pensei: ‘a partir de amanhã, serei outra pessoa’”, lembrou.

A empresária começou a mudar de vida com caminhadas na orla. Apesar da força de vontade, ela relatou que sofreu muito nesse primeiro momento e chorava enquanto fazia os exercícios.

“Eu tinha muitas dores na perna por causa do sobrepeso e porque tenho problemas, como artrite e artrose, provocados pelo lúpus. Eu também sentia muita vergonha, por conta da roupa, que não cabia. Mas eu tinha uma meta e continuei”, contou.
Em seguida, Andreia se inseriu no universo fitness, introduzindo uma alimentação saudável no dia a dia e aprendendo novas receitas. Segundo ela, a reeducação alimentar foi responsável por 60% do resultado. Com essa mudança de hábitos, a empresária conseguiu emagrecer, enrijecer os músculos e ficar com uma barriga “tanquinho” em cerca de dois anos.

"Consegui criar estratégias para controlar a ansiedade. Defini metas a cumprir em prazos determinados. Fugindo das dietas restritivas, que secam, mas podem causar o efeito sanfona, emagreci devagar, mas aprendi a conhecer o meu corpo e conquistei uma mudança para a vida toda. ?Não existe fórmula mágica: o importante é ter bons hábitos, disciplina e perseverança", pontuou.

Depois de alcançar o objetivo, Andreia não deixou os bons hábitos de lado e permanece seguindo uma rotina saudável. “Hoje eu faço exercícios de domingo a domingo. Quando não tem academia, eu faço em casa. Adquiri esses hábitos. Não tem preço ir em uma loja, comprar roupa, ser elogiada. Tem também a qualidade de vida, eu durmo bem e como o que faz bem”, comentou.

DIÁRIO DO SERTÃO com G1

Tags:
PARTICIPE!

VÍDEO: Gerente do Sebrae fala de revolução tecnológica em feira de Cajazeiras e convida empreendedores

PLANOS E METAS

VÍDEO: Cantor explica como pretende administrar o Atlético e declara que o problema do clube é político

CAMPEONATO PARAIBANO 2019

VÍDEO: Após vistoria técnica, representantes da CBF elogiam o estádio Perpetão: “É um dos melhores”

A ARTE DO CORPO

VÍDEO: Bailarino que dá aula de dança em Cajazeiras fala da sua trajetória e de projetos para a cidade