header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

O AVIÃO NA VIDA DE JOSÉ MARANHÃO: O “acidente” que vitimou o senador e a sua resistência

Num voo de JP para Brasília, há cerca de um mês, o senador foi atingido na cabeça por uma pesada mala de mão (de compartimento interno).

Por

11/06/2015 às 17h46

Há mais de quarenta dias o senador José Maranhão está de repouso, em casa. Nada de viagem a Brasília. Num primeiro momento foi para se recuperar da chykungunya. Mas, a demora em retornar ao trabalho foi por outro motivo, segundo amigos.

Num voo de JP para Brasília, há cerca de um mês, o senador foi atingido na cabeça por uma pesada mala de mão (de compartimento interno). A pancada deixou o senador desacordado e provocou tonturas. Só depois de fazer exames médicos foi descoberta um hematoma subdural (acúmulo de sangue entre o cérebro e o crânio), com aparição de coágulo. A orientação foi de mais repouso para evitar hemorragia.

O médico que cuida do senador, doutor Marcelo Augusto, está impressionado com a recuperação e força do político de 82 anos. Os últimos exames feitos em Maranhão indicaram diminuição do coágulo. Nos próximos dias, ele deve voltar à ativa na capital federal. Por enquanto, nada de avião para evitar a pressão na cabeça.

Da coluna de Laerte Cerqueira – do Jornal da Paraíba.

Tags:
NA PARAÍBA

OPINIÃO: Atraso de salários e falta de obras podem custar derrotas em 2020 a prefeitos do Alto Sertão

FIM DA NOVELA

VÍDEO: Irmãos Lira permanecem no comando do Atlético de Cajazeiras e já anunciam 17 jogadores de fora

REPORTAGEM ESPECIAL

VÍDEO: Igualdade de direitos entre brancos e negros é mito, afirma ativista social de Cajazeiras

OPORTUNIDADE

VÍDEO: Primeira etapa de venda do melhor loteamento do Sertão da PB continua aberta; saiba as vantagens