header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

Ricardo Coutinho relembra os 35 mil cheques de Cássio, manda recado à oposição: “Eles querem um rumo”. Veja

O empreender continua trazendo esperança a população de uma forma ética e que não é usado para comprar voto. “Todos tem o direito ao programa", disse.

Por

25/05/2015 às 07h25

O governador Ricardo Coutinho (PSB), comentou a polêmica entorno do arquivamento da CPI da Empreender e garantiu que não teme nenhuma investigação e defendeu que o Empreender é um programa sadio. Em entrevista a reportagem do Portal e TV Online Diário do Sertão, Ricardo revelou que as denuncias feitas pela oposição não tem fundamento.

Ainda segundo o governador Ricardo Coutinho, a oposição tenta criminalizar o programa Empreender Paraíba, por que teve a oportunidade de fazer algo pela Paraíba e não fizeram. “Eu não tenho nenhum problema com essas denuncias da oposição, é porque na política da Paraíba você tem que ser e parecer. O Senador Cássio na época da campanha de 2006 distribuiu cerca de 35 mil cheques para os cabos eleitorais. Ele fez isso, ai querem comparar uma situação dessa com um programa sério que é o Empreender”, destacou RC.

O empreender continua trazendo esperança a população de uma forma ética e que não é usado para comprar voto. “Todos tem o direito ao programa, e se o estado através do Empreender puder fazer, com certeza o fará. Na verdade a oposição está em busca de algum rumo, algum mote, está fazendo o papel dela, mas o governo tem outras pautas mais corretas”, concluiu o governador.

Assista á reportagem da TVDS com Ricardo Coutinho!

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
PLANOS E METAS

VÍDEO: Cantor explica como pretende administrar o Atlético e declara que o problema do clube é político

CAMPEONATO PARAIBANO 2019

VÍDEO: Após vistoria técnica, representantes da CBF elogiam o estádio Perpetão: “É um dos melhores”

A ARTE DO CORPO

VÍDEO: Bailarino que dá aula de dança em Cajazeiras fala da sua trajetória e de projetos para a cidade

MÚSICA AO VIVO

VÍDEO: Sucesso no Nordeste, cantor interpreta grandes bandas nacionais e internacionais no Xeque-Mate