header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

Anísio compara governos e denuncia obra da Acadepol

“No início da semana, o governador do Estado tentou criticar o nosso prefeito Luciano Cartaxo sobre problemas que ele mesmo deixou em suas duas administrações em João Pessoa, especialmente a situação das comunidades do Timbó, Saturnino de Brito e Bairro São José. Mas por que ele não resolveu os problemas destes bairros quando foi prefeito?! […]

Por

11/09/2013 às 16h07

“No início da semana, o governador do Estado tentou criticar o nosso prefeito Luciano Cartaxo sobre problemas que ele mesmo deixou em suas duas administrações em João Pessoa, especialmente a situação das comunidades do Timbó, Saturnino de Brito e Bairro São José. Mas por que ele não resolveu os problemas destes bairros quando foi prefeito?! Deveria o governador cuidar mais dos problemas da Paraíba. Deveria se preocupar em governar o Estado.”

Com isso, Anísio iniciou, da tribuna da ALPB (11/09), sua comparação entre as ações de Ricardo Coutinho e de Luciano Cartaxo.

Exibiu no telão do plenário cenas do Bairro São José, da Saturnino de Brito e do Timbó em uma situação caótica, há época de Ricardo Coutinho, e agora com Luciano Cartaxo, dialogando com as comunidades, conversando com as lideranças, apresentando o plano de trabalho para o Bairro São José numa assembleia popular, onde estão sendo construídas casas de qualidade, com estacionamento, área de lazer e área verde.

Na atual administração de Ricardo Coutinho no Governo do Estado existem ainda várias obras paradas, inacabadas ou mesmo já “inauguradas”, mas sem condições de uso, como é o caso da Academia da Polícia Civil (Acadepol), em Jacarapé.

“Eu sabia que uma negociata entre compadres não poderia dar certo. Vamos cobrar providências porque o acordo do governador com o seu amigo empresário não está sendo cumprido. Temos que ir lá amanhã sem falta, junto com a imprensa, e depois entregar um relatório ao Tribunal de Contas porque a obra está inacabada”, conclamou o deputado.

E narrou o que viu, exibindo as fotos que ele mesmo fez nesta última terça-feira (10/04): “Onde fica o estande de tiros, os policiais têm que levar botas de chuva, pois é uma lama só. Tem pneu amontoado servindo de criadouro de mosquito, inclusive de dengue. Na parte interna (administrativa) do prédio, as portas estão sem alinhamento, já tem porta caída e apodrecendo, mesmo sem que o local seja frequentado. Este é o retrato fiel da ‘moderníssima’ Acadepol. O governador anunciou que seria a Academia de Polícia mais moderna do Brasil, mas ele que procure cuidar do Estado, pois está muito mal cuidado!”, finalizou.

Assessoria

Tags:
PARTICIPE!

VÍDEO: Gerente do Sebrae fala de revolução tecnológica em feira de Cajazeiras e convida empreendedores

PLANOS E METAS

VÍDEO: Cantor explica como pretende administrar o Atlético e declara que o problema do clube é político

CAMPEONATO PARAIBANO 2019

VÍDEO: Após vistoria técnica, representantes da CBF elogiam o estádio Perpetão: “É um dos melhores”

A ARTE DO CORPO

VÍDEO: Bailarino que dá aula de dança em Cajazeiras fala da sua trajetória e de projetos para a cidade