header top bar

section content

Presidente da Unimed confessa que abafou rombo de R$ 47 milhões com medo da repercussão na imprensa

A Receita Federal autuou a Unimed em 30 de setembro por descumprimento do pagamento de Cofins. Ele não conseguiu explicar os motivos do rombo.

Por

05/12/2011 às 01h15

O saldo da Assembléia Geral da Unimed João Pessoa, realizada no fim de semana, aumentou mais ainda o suspense sobre a real situação financeira da cooperativa.

Durante as deliberações, o presidente da Unimed-JP, Aucélio Gusmão, revelou que “abafou” a multa de R$ 47 milhões imposta pela Receita Federal temendo a repercussão na imprensa.

Ele, porém, não conseguiu explicar porque também omitiu o rombo aos conselhos fiscal e de administração da cooperativa e escondeu a informação dos próprios cooperados, que irão pagar os débitos.

A Receita Federal autuou a Unimed em 30 de setembro por descumprimento do pagamento de Cofins, PIS e CSLL. Durante todo este tempo, Aucélio preferiu o silêncio.

MaisPB

Tags:
DÍVIDAS ALTAS

EXCLUSIVO: Juiz se pronuncia sobre processo trabalhista que pode tirar Atlético do Campeonato Paraibano

FUTEBOL

VÍDEO: Diário Esportivo traz resumo da 2ª rodada do Paraibano e detalhes da nova contratação do Atlético

COM CHICO CARDOSO

VÍDEO: ‘Briga’ entre Zé Aldemir e Airton, e Tyrone com os Gadelhas são os destaques do Direto ao Ponto

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Advogadas tiram dúvidas sobre Previdência Social e criticam atendimento no INSS de Cajazeiras