header top bar

section content

Delegado declara que atiraria na cabeça de jogador da PB e ameaça jornalista. Vídeo!

No vídeo, o irmão da suposta vítima, disse que era amigo do jogador e foi convidado para a festa do craque em Campina Grande.

Por

30/11/2011 às 16h34

O delegado, que está envolvido no escândalo do jogador Marcelinho Paraíba foi flagrado em vídeo, ameaçando um jornalista da imprensa campinense. No vídeo, o irmão da suposta vítima, disse que era amigo do jogador e foi convidado para a festa do craque em Campina Grande.

“Eu cheguei lá, ele me convidou e pediu para os amigos deles ligar para mim, então eu fui com minha irmã e chegando lá ele tentou beijar minha irmã a força”, disse.

O início do relato do delegado era tranqüilo, até que ele se irritou com as indagações e até conselhos do profissional da imprensa e decidiu partir para o ataque. “Eu não tenho medo de você. Você vá dá conselhos para sua mãe. Você acha que eu vou deixar de processar ele por causa disso?”, disparou contra o jornalista.

Mais adiante, o delegado continuou irritado com o profissional, o chamou de imbecil e disse que se o vídeo fosse divulgado o jornalista seria perseguido.

Ainda na entrevista, o delegado disse que não atirou dentro da granja, mas que se tivesse o feito, teria sido na ‘cara do jogador’. “Eu não atirei, se fosse pra atirar, eu teria atirado na cara dele”.

Entenda o caso
Ele foi autuado em flagrante por estupro contra uma mulher de 31 anos. O caso aconteceu na granja do jogador, em Campina Grande, na Paraíba, na madrugada desta quarta-feira (30). O meia Marcelinho Paraíba, do Sport, já foi transferido para o complexo do Serrotão.

Do PBAgora

Tags:
DEPENOU O GALO

VEJA OS GOLS: Atlético de Cajazeiras vence o Treze de Campina e assume a liderança isolada do Paraibano

NA TELA DA TV DIÁRIO

Diário Esportivo traz tudo sobre a 2ª rodada do Paraibano; Tático narra gol da vitória do Atlético

SE CUIDE!

VÍDEO: No Janeiro Branco, Diversidade em Foco promove uma ‘Conversa sobre suicídio e como evitá-lo?’

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”