header top bar

section content

Operação Lei Seca flagra 34 condutores por dirigir sob efeito de álcool

A ação também flagrou 13 pessoas que praticaram outras infrações ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Por Priscila Belmont

13/03/2017 às 17h58

Detran-PB intensifica Operação Lei Seca (Foto: Divulgação)

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB), por meio da Operação Lei Seca, autuou 34 condutores de veículos por dirigir sob efeito de álcool, nesse final de semana. Desse total, 19 pessoas foram notificadas por alcoolemia em Campina Grande, durante operação realizada nessa sexta-feira (10). A ação também flagrou 13 pessoas que praticaram outras infrações ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

De acordo com o chefe da Divisão de Policiamento e Fiscalização do Detran-PB, capitão Manfredo Rosenstock, durante a operação foram realizados 178 testes de bafômetro. A ação ainda resultou na apreensão de 32 carteiras de habilitação (CNHs) e na remoção de oito veículos ao pátio de custódia do Detran.
Durante a operação na madrugada desse domingo (12), os policiais militares que participaram da Lei Seca em apoio à ação prenderam um condutor por portar drogas no seu veículo, após os agentes de trânsito detectarem uma atitude suspeita do motorista.

Multa – O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) prevê multa no valor de R$ 2.934,70 aos condutores de veículos flagrados sob efeito de álcool, além de responder a processo administrativo de cassação da CNH por um ano. Em caso de reincidência, será cobrado o valor em dobro e o condutor responderá pela cassação da CNH pelo período de dois anos.

Secom

OS CIRENEUS DO CAMINHO

VÍDEO: Programa Mensagem de Esperança reflete sobre imunização espiritual e como lidar com adversários

'MENSAGEM DE FÉ'

VÍDEO: Padre apresenta programa especial na TV sobre a tradicional Festa de Dom Bosco em Cajazeiras

'OPINIÃO DO CIDADÃO'

VÍDEO: Em Cajazeiras, presidente da OAB-PB diz ser contra posse de arma: “Índices de mortes aumentam”

PROPRIEDADES EMBARGADAS

VÍDEO: Impedidos de plantar, agricultores de Cajazeiras acusam IBAMA de excessos na aplicação de multas