header top bar

section content

Universidade esclarece que Jovem de 17 anos vítima de estupro não é aluna da UEPB

Ela se deslocava para a escola onde faz o Ensino Médio e foi obrigada a descer do ônibus.

Por Assessoria

14/08/2018 às 14h20

UEPB esclarece que caso de estupro não envolveu aluna

Diante da veiculação de notícias na imprensa local de que uma jovem de 17 anos havia sido vítima de estupro na noite desta segunda-feira (13), nas imediações da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), quando se deslocava para a Universidade, a Administração Central da Instituição esclarece que a jovem não é aluna da UEPB e que o fato ocorreu, na verdade, próximo a faculdade de Medicina da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG).

Conforme informações obtidas junto à polícia, quando se deslocava para a escola onde faz o Ensino Médio, a jovem foi obrigada a descer do ônibus na parada localizada em frente à Faculdade de Medicina da UFCG, em Bodocongó, e foi levada para um matagal próximo ao antigo prédio do Instituto de Medicina Legal (IML), onde foi estuprada. Nesse sentido, solicitamos a correção das informações veiculadas nos meios de comunicação que publicaram a notícia com dados equivocados.

A Universidade Estadual da Paraíba, sensibilizada com o fato e ciente do impacto emocional provocado na adolescente, está colocando à disposição da jovem seus serviços de apoio psicológico e assistência em saúde para que ela possa se recuperar do trauma sofrido com todo o suporte necessário. Nesse sentido, a Clínica de Psicologia da UEPB está disponível para acompanhar o estado emocional da adolescente e atuar para amenizar os danos psicológicos causados pelo abuso sofrido.

Também estão disponíveis para a jovem os serviços do Laboratório de Análises Clínicas (LAC), onde ela poderá realizar exames laboratoriais para averiguar seu estado de saúde física em decorrência da violência a qual foi submetida. A jovem ou seus responsáveis podem manter contato com a Pró-Reitoria Estudantil (PROEST), através do telefone (83) 3315-3450, para que sejam dados os encaminhamentos necessários para o atendimento à adolescente.

MUITO ESTRAGO

VÍDEOS: Chuva com vendaval causa destruição de prédios em Cajazeiras e Sousa e assusta moradores

DE 22 A 27 DE JANEIRO

VÍDEO: Teatro Ica completa 34 anos em Cajazeiras com extensa e diversificada programação cultural

DE 2017 PARA ESTE ANO

VÍDEO: São José de Piranhas tem aumento alarmante de homicídios em 2018; confira balanço da PM na região

VIXE!

VÍDEO: Vidente detalha futuro da imprensa de Cajazeiras e prevê mortes: “Não chega às festas juninas”