header top bar

section content

Mulher é presa suspeita de matar homem que a teria estuprado na Paraíba

Dois homens e mulher foram detidos e afirmaram à polícia que crime foi cometido em vingança por estupro.

Por Portal Diário com G1PB

23/08/2018 às 09h40

A jovem de 24 anos foi presa

Um homem foi morto na madrugada desta quinta-feira (23) na localidade conhecida como sítio Salgadinho, em Campina Grande. De acordo com a Polícia Militar, três suspeitos, dois homens e uma mulher, foram presos pouco depois durante buscas. A principal suspeita da polícia é de que o crime pode ter sido motivado por vingança, uma vez que a mulher presa afirmou em depoimento ter sido estuprada pelo homem assassinado.

A vítima foi identificada como Josenildo da Silva, de 37 anos, e foi assassinada com várias facadas e um tiro de espingarda calibre 12. Uma mulher de 24 anos, e os homens de 22 anos e 19 anos foram presos e encaminhados para a Central de Polícia de Campina Grande, no bairro do Catolé.

Na delegacia, os três suspeitos assumiram a autoria do homicídio e reafirmaram em depoimento que o crime foi cometido por vingança ao suposto estupro sofrido pela jovem de 24 anos.

Uma espingarda calibre 12 foi apreendida com o trio, ainda de acordo com a PM. O caso segue sendo investigado pela polícia e a delegada Nercília Dantas. O corpo de Josenildo da Silva foi examinado e encaminhado para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol).

Fonte: https://g1.globo.com/pb/paraiba/noticia/2018/08/23/trio-e-preso-suspeito-de-matar-homem-a-facadas-e-tiro-de-espingarda-por-vinganca.ghtml

Tags:
OPORTUNIDADE

VÍDEO: Primeira etapa de venda do melhor loteamento do Sertão da PB continua aberta; saiba as vantagens

FEMINICÍDIO

MUITA EMOÇÃO: Familiares e amigos de Laninha pedem justiça no Xeque-Mate de maior audiência da história

VÍDEO

Delegado fala sobre duplo homicídio registrado na rodovia que liga Cajazeiras a São João do Rio do Peixe

BLACK FIADO

VÍDEO: Conheça a versão mais popular da Black Friday que agita o comércio de Cajazeiras durante 30 dias