header top bar

section content

Sogros são suspeitos de asfixiar ou enterrar viva servidora

Polícia encontrou cadáver dentro de um buraco cavado em um dos quartos da residência alugada pelo casal

Por Metrópoles

07/11/2018 às 14h22 • atualizado em 07/11/2018 às 14h25

Um crime bárbaro foi desvendado na capital paulista

Um crime bárbaro foi desvendado na capital paulista. A polícia encontrou o cadáver de uma mulher enterrado dentro de uma casa. O imóvel era alugado pelos sogros da servidora da prefeitura de São Paulo Márcia Martins Miranda, desaparecida desde 2 de outubro. Os investigadores acreditam que o corpo localizado na residência seja da funcionária pública.

O cadáver foi encontrado na segunda-feira (5/11) e passa por análise para apuração da identidade. Um familiar da assistente social foi chamado a fim de fazer o reconhecimento. O corpo estava em buraco cavado em um dos quartos da casa, cujo piso foi quebrado. A dupla cobriu o local de terra e colocou uma placa de concreto. Na cova, um saco plástico envolto no corpo da vítima, que apresentava ferimentos na cabeça e marcas no pescoço.

De acordo com as diligências da polícia, os sogros de Márcia alugaram o imóvel por 30 meses, cerca de duas semanas antes do desaparecimento da nora. Por decisão judicial, Maria Izilda Pereira Miranda e Fernando Antônio Martins de Oliveira foram presos temporariamente.

Coordenadora do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) do Butantã, na Zona Oeste de São Paulo, a funcionária pública foi vista pela última vez perto da Avenida Corifeu de Azevedo Marques, após sair de casa para ir ao trabalho.

A assistente social, 41 anos, é casada e tem dois filhos. O marido, o irmão e um colega de trabalho de Márcia foram ouvidos pela polícia. O caso está sendo investigado pela 1ª Delegacia de Proteção à Pessoa do Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP).

A suspeita é de que a mulher tenha sido sequestrada e morta pelos sogros por asfixia ou enterrada viva após ter sido golpeada na cabeça.

Fonte: https://www.metropoles.com/brasil/sogros-sao-suspeitos-de-asfixiar-ou-enterrar-servidora-viva-em-sp

Tags:
CLUBE VIVE IMPASSE

VÍDEO – Representante do Atlético em reunião da FPF apresenta fórmula para participar do Paraibano 2019

VÍTIMA DA DIABETES

VÍDEO: Ameaçada de perder o segundo pé, idosa de Cajazeiras pede ajuda para adquirir sandália especial

ASSISTA

VÍDEO: ‘Mensagem de Esperança’ debate o mundo e o mal, sexo e outros temas

PARTICIPE!

VÍDEO: Gerente do Sebrae fala de revolução tecnológica em feira de Cajazeiras e convida empreendedores