header top bar

section content

Morre bebê que nasceu após mãe ser baleada durante arrastão

A mãe morreu durante o parto e o pai, agente penitenciário aposentado, veio a óbito no local do arrastão ao reagir.

Por G

03/01/2019 às 10h08

Bebê nasceu de um parto de emergência após mãe e pai serem alvos de bandidos em arrastão em Caxias

Morreu o bebê que nasceu em um parto de emergência após a mãe ser baleada em um arrastão em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, no último domingo, que vitimou também o pai da criança, um agente penitenciário. O menino estava internado em estado grave no Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Saracuruna, também em Caxias, e faleceu na noite desta quarta-feira. A confirmação é da direção da unidade de saúde.

Após dar à luz, Verônica Sabrina Sousa Silva, 27 anos, não resistiu e morreu. Já o pai da criança, o agente penitenciário aposentado José Carlos da Rocha, de 68 anos, levou pelo menos cinco tiros e veio a óbito no local do arrastão, na Avenida Pelotas, no bairro Sarapuí. Ainda não há informações sobre o sepultamento do bebê. Os pais dele foram enterrados no início desta semana.

Fonte: G - https://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2019/01/5607663-morre-bebe-que-nasceu-apos-mae-ser-baleada-durante-arrastao-em-caxias.html

Recomendado para você pelo google

DONO DA CONSULTRAN

VÍDEO: Especialista em trânsito elogia Zona Azul de Cajazeiras, mas cobra ensino de trânsito nas escolas

QUER MAIS SEGURANÇA

VÍDEO: Cantor da região de Cajazeiras diz que consumo de drogas nas festas dificulta fechar contrato

SAÚDE & BEM-ESTAR

VÍDEO: Em Cajazeiras, médica explica o que é ‘prato colorido’ para quem quer perder peso com saúde

BOMBA

VÍDEO: Jornalista cajazeirense mira nos ‘Bocas Loucas’ da política paraibana