header top bar

section content

João se reúne com representantes do Sindiágua e garante sequência de investimentos na Cagepa

João destacou que a maior obra dos últimos anos, a construção da adutora do Curimataú.

Por Luzia de Sousa

18/09/2018 às 14h34

O candidato do PSB ao Governo do Estado, João Azevêdo, compareceu, nesta segunda-feira (17), a um encontro com representantes do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Purificação da Água e em Serviços de Esgotos do Estado da Paraíba (Sindiágua-PB). Na oportunidade, João recebeu o apoio dos representantes e destacou que seguirá investindo na Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa).

João destacou que a maior obra dos últimos anos, a construção da adutora do Curimataú, está sendo feita pela Cagepa e com recursos próprios do Estado – são aproximadamente de R$ 300 milhões investidos. Após citar a obra, o candidato declarou que a parceria entre Estado e Cagepa seguirá e terá ainda mais investimentos.

O socialista garantiu que não vai privatizar a Cagepa. “De uma coisa vocês podem ter certeza: no meu governo a Cagepa não será privatizada. Podem esquecer isso. A minha leitura é exatamente a de que precisamos prestar um bom serviço cada vez mais. E isso está acontecendo, porque essa empresa em 2010 tinha um déficit de R$ 52 milhões e hoje é superavitária em mais de 50 ou 60 milhões, e, que pode pegar esse recurso e transformar em obra e investimento”, disse João. Além disso, ele também afirmou que a Paraíba terá segurança hídrica em quatro anos.

Na oportunidade, o presidente do Sindiágua, José Reno, destacou que dos candidatos ao Governo do Estado, apenas João aceitou o convite para estar presente em um encontro com a classe. Ainda conforme ele, o projeto de João é o que será defendido pelos representantes do sindicato.

“A Cagepa era uma de 2010 para trás, e agora é outra de 2011 para frente. Esses trabalhadores que estão aqui presentes sabem muito bem o que representou a Cagepa para população paraibana nesse período anterior. Era uma empresa que não tinha credibilidade, que servia de cabide político para determinadas figuras. Em 2011, essa empresa começa a emergir, através de um governo que assumiu para si a questão social e o compromisso com os trabalhadores”, explicou Reno.

De acordo com o presidente, os representantes querem caminhar juntos com o projeto do PSB. “Esse é o projeto que vamos defender, não podemos esquecer que a continuidade desse projeto é importante para toda Paraíba, no que se refere a crise hídrica e saneamento”, ressaltou.

PORTAL DIÁRIO com assessoria

DIÁRIO ESPORTIVO

VÍDEO: Na TV, dirigentes do Atlético de Cajazeiras explicam contratações fechadas e outras que ‘melaram’

NOVAS CRÍTICAS

VÍDEO: Para líder católico de Cajazeiras, o Nordeste será “um recanto esquecido” por Bolsonaro

CLIMA DE EMOÇÃO

VÍDEO: Amigos e familiares destacam o legado de Dr. Toinho durante velório do advogado em Cajazeiras

ECONOMIA

VÍDEO: Com fila zerada, Bolsa Família injeta quase R$ 2 milhões por mês em Cajazeiras, diz coordenador