header top bar

section content

Cida defende Ricardo em 2020 e revela que abordagem da Calvário mexeu com sua família

A deputada estadual Cida Ramos (PSB) afirmou que o nome de seu partido para a disputa da prefeitura de João Pessoa no ano que vem é o ex-governador do Estado, Ricardo Coutinho

Por Parlamento PB

24/05/2019 às 16h05

Deputada Estadual Cida Ramos (PSB)

Em uma entrevista concedida nesta sexta-feira, 24, ao Jornal da Manhã da Rádio Jovem Pan João Pessoa, a deputada estadual Cida Ramos (PSB) afirmou que o nome de seu partido para a disputa da prefeitura de João Pessoa no ano que vem é o ex-governador do Estado, Ricardo Coutinho. “Eu defendo o nome de Ricardo, mas ele tem resistido muito. Eu digo que o grande nome que temos é ele. Tem muita gente querendo ele, mas ele diz que eu ‘acabe com isso’ e me prepare”. Cida acrescentou que é soldado do PSB e estará à disposição, mas para ela o ex-governador tem prioridade.

“Ricardo é um estadista e abriu mão de um mandato de senador. Dificilmente alguém abriria mão de um mandato de oito anos assim para eleger um companheiro. O PSB deve muita gratidão, respeito e admiração a Ricardo Coutinho. E deve sobretudo a continuidade do que ele construiu, que é um patrimônio do povo da Paraíba”, disse Cida.

Cida defendeu ainda a atuação do Ministério Público na investigação da Operação Calvário, que apura irregularidades na relação entre o Hospital de Trauma de João Pessoa e a Cruz Vermelha. Mas, a deputada afirmou que é preciso evitar a espetacularização do caso e criticou a abordagem tendenciosa que setores da imprensa fazem das investigações:

“Existe uma rede de fake news que eu nunca vi antes e é grave porque leva a calúnia, à desmoralização. E quando algo é noticiado, é difícil desconstruir. O trabalho de uma vida pode ser desmoralizado em um minuto”, declarou.

Cida falou sobre as especulações que ligavam seu nome à Operação Calvário. A deputada não foi citada em nenhum fato relacionado às investigações, mas adversários políticos e setores da imprensa insinuaram que ela poderia ter envolvimento no caso.

“Isso mexeu muito com minha família. É algo muito grave. A pessoa fica de mãos atadas porque não está sendo acusada de nada e como vai se defender? Eu que sou uma pessoa com deficiência o requinte é ainda maior. Fazem acusação com preconceito e isso vindo de assessores. Uma pessoa que eu fui pesquisar é assessora de Julian Lemos e foi perversa. Filmou o plenário, viu a acessibilidade e disse que as obras haviam sido feitas para uma aleijada e perguntava se iriam fazer também na cadeia. Além da denúncia falsa, ainda teve o preconceito. Vou pegar o caso de Ricardo, que onde quer que esteja é filmado e fotografado. Ele é o grande alvo das fake news e todos que tiverem relação mais forte com ele também serão alvo deste tipo de coisa”, disse.

O Jornal da Manhã vai ao ar de segunda a sexta-feira das 7h às 8h na 102,5 Mhz.

Fonte: Parlamento PB - https://parlamentopb.com.br/cida-defende-ricardo-em-2020-e-revela-que-abordagem-da-calvario-mexeu-com-sua-familia/

Recomendado para você pelo google

PREFEITO DE MONTE HOREBE

VÍDEO: Marcos Eron admite querer a reeleição, nega distanciamento da vice e manda recado para oposição

FENÔMENO

VÍDEO: Menino cajazeirense impressiona com habilidade no teclado e por ter fabricado instrumento

GESTÃO ELOGIADA

VÍDEO: Em balanço da sua gestão, prefeito de Monte Horebe garante salários em dia e anuncia mais obras

MENSAGEM EMPRESARIAL

VÍDEO: Empresário de Cajazeiras conta sua trajetória de superação e se emociona com homenagem da família