header top bar

section content

Prefeito tacha Ademar Nonato de ‘frouxo’ e desafia radialista para disputa em Sousa

O chefe do executivo sousense relembrou que Ademar Nonato faz parte da administração do ex-gestor Fábio Tyrone (PSB).

Por

04/01/2016 às 16h39

Em entrevista exclusiva a TV Diário do Sertão, o prefeito da cidade de Sousa, André Gadelha (PMDB) falou esta semana da sua relação com a imprensa local e destacou a atuação do radialista Ademar Nonato, que segundo o gestor, não compra o “feijão da casa se não falar dele”.

Veja mais!

Prefeito de Sousa fala das conquistas e dificuldades em 2015 e manda recado para vice-prefeito. Vídeo exclusivo!

De acordo com André Gadelha, o radialista não está desempenhado seu papel, que é fiscalizar e informar a população, mas tenta denegrir sua imagem numa questão que já é pessoal.

O chefe do executivo sousense relembrou que Ademar Nonato faz parte da administração do ex-gestor Fábio Tyrone (PSB), mas no final da gestão rompeu com o então prefeito. “Ademar passou a falar mal da gestão passada porque não estava mais sendo conivente com ele”.

De acordo com o prefeito, Ademar Nonato tem interesse particular na política e desafiou: “Gostaria de disputar uma eleição com ele. Era bom que botasse o nome à disposição para as urnas”.

Ele ainda insinuou que Ademar Nonato usa sua influência no Rádio para conseguir benefícios particulares: “Só ele que consegue se sobressair em cima de vocês? Um cara que consegue sair do país duas vezes por ano, tem três apartamentos em João Pessoa, está construindo dois grandes prédios em Sousa. Só ele que sabe fazer jornalismo?”, indagou André Gadelha.

O peemedebista disse que Ademar vive de fazer o mal às pessoas, mas não guarda mágoa nenhuma do radialista sousense. “Rezo pela alma dele”.

André Gadelha revelou que nunca foi convidado para prestar entrevista a Rádio de Ademar Nonato e adiantou que se receber o convite a qualquer tempo vai, além de adiantar que não entende a antipatia e o ódio do radialista com sua pessoa.

“Acho que qualquer um que sentar na cadeira de prefeito ele cria esse ódio. Apostou no ex-prefeito, depois começou a chutá-lo. Logo em seguida apoiou o candidato do ex-prefeito (Lindolfo Pires) e agora ele chuta. É a vontade de sentar na cadeira. É o cara que ser prefeito e não tem coragem porque é frouxo”. Disparou o prefeito.

DIÁRIO SERTÃO

Tags:

Recomendado para você pelo google

SUCESSO

VÍDEO: Mensagem Empresarial mostra história de um dos maiores empresários e empreendedores de Cajazeiras

EMOCIONANTE

VÍDEO:Em documentário especial, Xeque Mate mostra realidade de famílias que moram no Lixão de Cajazeiras

ENTRE PÚBLICO E PRIVADO

VÍDEO: Empresário revela que quase foi candidato a prefeito de Cajazeiras e explica por que recusou

VÍDEO

Sindicatos batem martelo e definem novo salário dos comerciários de Cajazeiras para 2019-2020