header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

Empresário da cidade de Sousa rejeita ‘namoro’ com prefeito e anuncia pré-candidatura pelas oposições

Nas conversas iniciadas no domingo (15), o atual gestor desistiria da reeleição em prol do empresário, até então adversário, mas indicaria o vice-prefeito.

Por

19/11/2015 às 15h00

Empresário sairá candidato pelas oposições

O desejo de candidato único no município de Vieirópolis não durou mais que três dias. É que nesta quarta-feira (18) representantes de partidos políticos ligados ao bloco de oposição se reuniram e decidiram manter candidatura própria com vistas as eleições municipais de 2016.

Nas conversas iniciadas no domingo (15), o atual gestor desistiria da reeleição em prol de Célio, até então adversário, mas indicaria um nome para compor a chapa na condição de vice.

Com a recente decisão, o empresário José Celio Aristóteles (Célio da Usina) que era pretendido pelo prefeito Antônio César Braga para disputar o pleito pelo seu grupo, permanece na oposição para somar na disputa contra o gestor.

Veja também: Prefeito do Sertão pode desistir de reeleição, mas quer garantir vaga a empresário e ex-adversário político

Estiveram presentes ao encontro realizado na casa do empresário Eronildo Martins, representantes dos três ex-prefeitos Santa Oliveira, Marcos Pereira e Célio da Usina. A decisão foi uma só: o candidato das oposições sai da indicação dessas lideranças.

Vieirópolis tem 5.295 habitantes, segundo dados do IBGE e de acordo com o TRE-PB, 5.090 eleitores compareceram às urnas nas eleições estaduais passadas.

DIÁRIO DO SERTÃO com Cidade Notícias

Tags:
HERANÇA ARTÍSTICA

VÍDEO: Filho de grande nome da música brasileira agita a Festa do Brega no Cajazeiras Tênis Clube

EM JOÃO PESSOA

VÍDEO E FOTOS: Posse da nova diretoria da API é marcada por repentes, lançamento de livro e emoção

DUPLA CERIMÔNIA

VÍDEO: OAB lança em Cajazeiras as chapas para as eleições da Seccional Paraíba e da Subseção local

EX-ALIADO

VÍDEO: Vereador revela que defender professores foi a ‘bomba’ que iniciou rompimento com José Aldemir