header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

Capacitação sobre dengue e chikungunya. Fique ligado!

A dengue é transmitida pela picada da fêmea do mosquito Aedes Aegypti. Não há transmissão pelo contato direto com um doente, nem por meio de fontes de água ou alimento.

Por

07/08/2015 às 07h00

A capacitação foi ministrada pela enfermeira Fernanda Luti da UBS do Angelim, o médico Jorge Luiz

Pensando e agilizando as ações de combate a dengue e à febre chikungunya, a Secretaria de Saúde de Sousa está realizando na manhã desta quinta-feira (06/08) no auditório da Universidade Federal de Campina Grande, Centro, uma capacitação para os médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem sobre o manejo clinico em relação a essas duas doenças.

A capacitação foi ministrada pela enfermeira Fernanda Luti da UBS do Angelim, o médico Jorge Luiz Lucena da UBS de São Vicente e de Lurdes Leite Técnica da Vigilância Epidemiológica.

Os profissionais deram informações sobre o manejo clínico das doenças a fim de melhorar a capacidade dos profissionais em detectarem a entrada de novos casos suspeitos em Sousa. A capacitação é uma realização da Vigilância em Saúde/ Coordenação Epidemiológica e Ambiental.
 
Dengue
A dengue é transmitida pela picada da fêmea do mosquito Aedes Aegypti. Não há transmissão pelo contato direto com um doente, nem por meio de fontes de água ou alimento.

Sintomas
Febre, dor no corpo e dor de cabeça são manifestações da dengue. Dor abdominal intensa, sangramento, tonteira são sinais de gravidade. As pessoas que apresentarem esses sinais e sintomas devem procurar imediatamente a unidade de saúde mais próxima. Para reduzir o risco de agravamento do quadro clínico, a orientação é que, aos primeiros sinais da doença, seja reforçada a ingestão de líquido: água, chás e sucos ajudam no processo de hidratação do corpo.

Cuidados contra a dengue
– Mantenha caixas d’água, tonéis, tambores, barris, cisternas e poços bem fechados. Tampe com a tampa própria ou telas. Não use plástico.
-Lave a caixa-d’água com escova e sabão a cada seis meses. Os outros reservatórios devem ser lavados uma vez por semana.
-Elimine xaxins e pratinhos de vasos de plantas. Se não for possível, escorra a água todos os dias e lave o pratinho com escova, água e sabão uma vez por semana. Ou coloque areia até a borda do pratinho.
-Fure e entregue os pneus velhos aos serviços de limpeza pública ou para reciclagem. Caso preciso ficar com os pneus, guarde-os sem água em local seco e coberto, protegidos da chuva e de goteiras.

Chikungunya
É uma doença infecciosa febril, causada pelo vírus Chikungunya (CHIKV), que pode ser transmitida pelos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus.

Do Decom

Tags:
CLUBE VIVE IMPASSE

VÍDEO – Representante do Atlético em reunião da FPF apresenta fórmula para participar do Paraibano 2019

VÍTIMA DA DIABETES

VÍDEO: Ameaçada de perder o segundo pé, idosa de Cajazeiras pede ajuda para adquirir sandália especial

ASSISTA

VÍDEO: ‘Mensagem de Esperança’ debate o mundo e o mal, sexo e outros temas

PARTICIPE!

VÍDEO: Gerente do Sebrae fala de revolução tecnológica em feira de Cajazeiras e convida empreendedores