header top bar

section content

Presidente de Câmara de Bonito de Santa Fé nega denúncia da imprensa e detalha despesas da Casa

O vereador disse que, em respeito a seus eleitores resolveu esclarecer como funcionam as despesas da Câmara e apresentou as contas de forma detalhada

Por

07/07/2015 às 17h45

O presidente da Câmara de Vereadores de Bonito de Santa Fé, José Devânio Oliveira da Silva (Van do Viana – PTB) esteve ao vivo na TV Diário do Sertão nessa segunda-feira (06), ocasião em que desmentiu uma matéria publicada na imprensa sertaneja dando conta de que, ele estaria “embolsando” dinheiro público.

O vereador disse que, em respeito a seus eleitores resolveu esclarecer como funcionam as despesas da Câmara Legislativa. De forma detalhada, o presidente Van do Viana apresentou todas as despesas da Casa mostrando que, os R$ 65.213,37 que a Câmara recebe mensalmente não é muito dinheiro para manter as contas em dias.

De acordo com o vereador, existe uma folha de pagamento para ser paga que conta inclusive com o salário dos vereadores que, recebem R$ 3.100,00. Além disso, estão inclusos nesse valor despesas com Cagepa, Energisa, Assessoria Jurídica, material de consumo, Previdência Social, Consultorias, Diárias, prestação de serviços de pessoas físicas e jurídicas, além do material permanente.

As contas de janeiro ao mês de maio foram devidamente apresentadas pelo vereador que, além de explicar as despesas, negou alguns valores absurdos divulgados pela imprensa.

?Clique aqui e veja o relatório de despesas da Câmara Municipal de Bonito de Santa Fé
 

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

Recomendado para você pelo google

MAIS EDUCAÇÃO

VÍDEO: No 2º dia da Mostra de Conhecimentos do N. S. do Carmo, alunos se destacam em temáticas diversas

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: No Mês da Black Friday, concessionária Brazauto oferece preços e formas de pagamento especiais

VÍDEO

Vereador lamenta falta de doação ao Hospital Laureano e acusa prefeito de Pombal: “Virou as costas”

TROVÃO NO BRASILEIRÃO

VÍDEO: Prefeito se compromete a patrocinar o Atlético de Cajazeiras com R$ 20 mil mensais em 2020