header top bar

section content

Jogada política: Radialista diz que Jeová busca apoio de vereadores na tentativa de substituir Denise. Vídeo!

O radialista Jarismar Pereira enfatizou que Jeová conta com o apoio de sete vereadores de Cajazeiras e em breve, poderá contar com dez. Acompanhe!

Por

07/04/2015 às 20h00

Em seu comentário “Direto ao Ponto” para a TV Diário do Sertão nesta terça-feira (07), o radialista Jarismar Pereira enfatizou o esforço do deputado estadual, Jeová Campos (PSB) para indicar o vice na chapa de reeleição da prefeita de Cajazeiras, Denise Albuquerque (PSB).

Para Jarismar, Jeová está fazendo tudo pensando em ser o substituto da prefeita em 2020, caso ela seja reeleita em 2016. Na mesma jogada, o deputado empurra cada vez mais José Aldemir (PEN) para os braços da oposição, conforme o radialista. 

Jarismar enfatizou que Jeová conta com o apoio de sete vereadores de Cajazeiras e em breve, poderá contar com dez. “Com esse fortalecimento todo, vai ficar difícil alguém questionar a indicação de Jeová”, relatou o radialista.

Entretanto, Jarismar lembrou que será difícil dar assistência a tantos vereadores. “Será desgastante manter todos a seu redor”, disse.

O radialista enfatizou que, a preço de hoje, a vaga de vice-prefeito na chapa de Denise circula entre Júnior Araújo, atual vice; o empresário Mário Messias, que seria indicação do ex-prefeito Carlos Antonio e Marquinhos Campos, irmão e indicação do deputado Jeová.

Assista ao comentário do jornalista, Jarismar Pereira no Direto ao Ponto na TVDS!

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

Recomendado para você pelo google

SESSÃO NA CÂMARA

VÍDEO: Em Cajazeiras, coordenador de Diversidade Religiosa na PB fala sobre diálogo e busca por respeito

ASSASSSINATO

VÍDEO! Delegado fala sobre o crime de homicídio que vitimou professor de karatê em Sousa

SEM POLÍTICAS PÚBLICAS

VÍDEO – Líder lamenta ‘desprezo’ dos governos e ‘extinção’ da cultura dos ciganos na cidade de Sousa

VÍDEO

SERTÃO: Empresário sugere vaquinha para “salvar” feira de negócios após prefeitura negar apoio