header top bar

section content

Governo desmente superfaturamento de obras asfálticas na cidade de Cajazeiras

O secretário de Comunicação Institucional lamentou a postura do deputado em criticar uma obra esperada há anos pelos moradores de Cajazeiras.

Por

04/09/2014 às 16h39

Luiz Torres, secretário de comunicação do estado da Paraíba

Em nota encaminhada à imprensa na tarde desta quinta-feira (04), o secretário de Comunicação do Governo da Paraíba, Luís Tôrres rebateu as denúncias proferidas pelo deputado estadual Vituriano de Abreu (PSC), na tribuna da Assembleia Legislativa, no início desta semana, sobre superfaturamento de obras asfálticas no município de Cajazeiras.

Conforme o secretário, o deputado, “O nobre deputado foi contaminado com o vírus da inverdade, já presente no grupo político ao qual pertence. A Estrada do Amor, que muitos prometeram, mas somente o atual governo iniciou e está concluindo, vem sendo executada com o mesmo rigor financeiro que o governador Ricardo Coutinho adota em todas as centenas de obras que realizou no Estado inteiro”.

CONFIRA A NOTA NA ÍNTEGRA

NOTA
O secretário de Estado da Comunicação Institucional, Luís Tôrres, afirmou que o deputado estadual Vituriano de Abreu proferiu inverdades na tribuna da Assembleia Legislativa da Paraíba quando falou sobre as obras da Estrada do Amor, na cidade de Cajazeiras.

“O nobre deputado foi contaminado com o vírus da inverdade, já presente no grupo político ao qual pertence. A Estrada do Amor, que muitos prometeram, mas somente o atual governo iniciou e está concluindo, vem sendo executada com o mesmo rigor financeiro que o governador Ricardo Coutinho adota em todas as centenas de obras que realizou no Estado inteiro”, destacou o secretário de Comunicação.

De acordo com o superintendente do Departamento de Estradas de Rodagens da Paraíba (DER), Carlos Pereira, a planilha de custos e execução da obra está disponível no Departamento. “A estrada é inteiramente nova e foi licitada de acordo com o projeto. Os preços são os mesmos praticados em todas as obras do DER. O resto é denúncia vazia que não tem nenhum fundamento”, explicou o superintendente, que esclareceu ainda que o “óleo” ao qual se referiu Vituriano de Abreu, que é médico e não engenheiro, é o CBQU (Concreto Betuminoso Usinado a Quente), revestimento nobre em pavimentação.

A Estrada do Amor foi iniciada na atual gestão com investimentos na ordem de R$ 2,3 milhões, para toda extensão. Entre as ações executadas na obra estão o canteiro central, calçadas, ciclovia e iluminação.

O secretário de Comunicação Institucional lamentou a postura do deputado em criticar uma obra esperada há anos pelos moradores de Cajazeiras. “O deputado Vituriano deveria estar ao lado do povo aplaudindo os benefícios e obras realizados pelo Governo da Paraíba na cidade de Cajazeiras e não criticar uma ação que beneficia diretamente os que mais precisam. O governo não tem culpa se a estrada não passa dentro da fazenda dele”, finalizou o secretário de Comunicação.

ENTENDA A DENÚCIA
Vituriano de Abreu denuncia superfaturamento em asfaltamento de estrada em Cajazeiras

Segundo o parlamentar, o governador Ricardo Coutinho gastou R$ 2 milhões para colocar alguns centímetros de óleo preto” na “Estrada do Amor” O deputado estadual Vituriano de Abreu (PSC) denunciou, durante discurso na Assembleia Legislativa, que o governador Ricardo Coutinho (PSB) gastou cerca de R$ 2 milhões para colocar alguns centímetros de óleo preto em uma estrada que já estava pronta, a “Estrada do Amor”, no município de Cajazeiras.

De acordo com o deputado, a obra foi iniciada no Governo Cássio, passou pelo Governo de José Maranhão e agora no Governo Ricardo Coutinho foi concluída.

“Três governos já trabalharam naquela estrada. O atual mandou colocar Um centímetro de óleo preto em lugar que já estava pronto. Foram gastos R$ 2 milhões em um contrato superfaturado. Até um menino que faz o primeiro grau sabe que houve superfaturamento; O Tribunal de Contas só não pega na mentira se não quiser”, ironizou o deputado.

Finalizando, Vituriano de Abreu cobrou do Ministério Público que investigue as denúncias que são feitas contra o atual governo. “É hora dos órgãos de fiscalização do dinheiro público investigarem o que está acontecendo na Paraíba com esse governo da confusão e da mentira, Não há pessoa inteligente que não fique confundida com tanta informação distorcida. Primeiro ele disse que foram 2, 5 mil quilômetros de estradas construídas e agora são apenas 1,5 mil. Ele mente, esquece e não repete hoje o que disse ontem”.

Da Secom 

Tags:
YOUTUBER DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Léo Abreu revela em quais profissões podemos encontrar psicopatas

ESPERANÇA NA POLÍTICA!

VÍDEO: Pastor evangélico fala sobre Bolsonaro: “Ele incorporou o que a sociedade acredita: a família”

ASSISTA!

Arquitetura, urbanismo e direitos humanos marcaram último episódio da temporada do Coisas de Cajazeiras

VÍDEO

Comemorando o dia dos Direitos Humanos, professor fala sobre os avanços da data no Diversidade em Foco