header top bar

section content

Ricardo anuncia que vai dobrar piso do magistério e reduzir diferença salarial na PM

Na Paraíba, os professores da ativa recebem um piso de R$ 1.538,03 com a bolsa desempenho para 30 horas semanal, valor acima do piso nacional, que é de R$ 1.697,00 para 40 horas.

Por

31/07/2014 às 15h58

Ricardo propõe melhoras para educação

O governador Ricardo Coutinho (PSB), candidato à reeleição pela coligação ‘A Força do Trabalho’, anunciou nesta quarta-feira (30), em entrevista à Rádio Sanhauá, que irá dobrar o piso salarial dos professores do magistério estadual nos próximos quatro anos. Ele também garantiu diminuir a diferença dos vencimentos entre os policiais militares da ativa e da inativa, o que não foi possível neste primeiro mandato, diante dos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Na Paraíba, os professores da ativa recebem um piso de R$ 1.538,03 com a bolsa desempenho para 30 horas semanal, valor acima do piso nacional, que é de R$ 1.697,00 para 40 horas. “O nosso piso do magistério na Paraíba é maior do que o nacional, e vamos dobrar esse valor em quatro anos, com trabalho e planejamento, assim como conseguimos no primeiro governo conceder reajustes aos policiais e pessoal do magistério acima da inflação”, disse o governador.

Ricardo ainda destacou outros avanços de sua gestão na área de educação, como a construção de 25 novas escolas – sendo seis técnicas – e os investimentos de mais de R$ 300 milhões na reforma e ampliação de outras 352. “Também foram abertas 725 novas salas de aulas nos municípios através do Pacto Social e 121 mil vagas na rede estadual. Entregamos ainda 585 ônibus escolares e mais de 48 mil tablets para alunos e professores”, observou.    

Ricardo aproveitou a entrevista para rechaçar a informação de que teria demitido em massa prestadores de serviço. “A verdade é que substituímos os prestadores por concursados”, disse. Ele rebateu ainda a oposição, que o acusa de ter fechado escolas. “As escolas fechadas eram casos absurdos, onde uma funcionava com sete alunos, com cinco deles sendo reprovados há cinco anos. Tem também o caso de 40 escolas que funcionavam dentro de outras, só mudando o horário com duas direções e salários pagos pelo povo. Sou o governador do povo e não simplesmente de uma máquina”, disparou.

Assessoria

Tags:

Recomendado para você pelo google

PREFEITO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Durante implantação da Zona Azul, José Aldemir agradece aos comerciantes e provoca a oposição

NESTE DIA 21

VÍDEO: 7ª Conferência Municipal de Saúde discute com o povo avanços e necessidades do SUS em Cajazeiras

FÉ NO SANTO

VÍDEO: No dia de São José, católicos agradecem pelas chuvas na região de Cajazeiras; previsão é otimista

DIAS 30 E 31 DE MARÇO

VÍDEO: Comédia “Escolinha Profana”, dos criadores do “Pastoril Profano”, se apresentará em Cajazeiras