header top bar

section content

Em convenção, RC endurece críticas a adversários, mas evita cutucar PMDB: “Compromisso é combater atraso”

Em um ambiente lotado de militantes petistas e socialistas, o governador por inúmeras vezes classificou o governo dos “seis anos e meio” como do atraso.

Por

01/07/2014 às 07h20

Convenção do PSB terminnou sem anunciar vice

O governador Ricardo Coutinho (PSB) fez um discurso duro contra os adversários políticos, na noite desta segunda-feira (30), durante convenção do partido, na Casa de Show Forrock.

Em um ambiente lotado de militantes petistas e socialistas, o governador por inúmeras vezes classificou o governo dos “seis anos e meio” como sendo o do atraso. Ricardo se referia ao tempo em que o então governador Cássio permaneceu no mandato até ser cassado.

O socialista, no entanto, evitou mirar no Governo Maranhão, dando a entender que quer fazer a política da boa vizinha para emplacar o possível apoio do partido em um eventual segundo turno das eleições.

“Forças do atraso, forças retrógadas que misturam interesses econômicos, interesses midiáticos com interesse de agrupamento partidário se juntam para tentar barrar o avanço da Paraíba, se juntam para tentar barrar o avanço do povo da Paraíba, eles não sabem da nossa caminhada, eles não sabem que em cada um de nós tem o coro das costas grosso e o pé calejado da caminhada por essa vida afora. Eles acham que vão enganar o povo, tentar desfazer nossa coligação, eles acham que conseguem enganar o povo, mas eles estão na contramão da historia”, disparou RC.

Sobre a aliança, Ricardo também comemorou o aval da presidente Dilma para a composição do PT com o PSB no Estado: “Para aqueles que achavam que não conseguiríamos montar uma aliança forte, estamos mostrando que conseguimos. A aliança com PT e Lucélio no Senado mostra isso. O nosso vice será de Campina Grande e também vai surpreender. Estamos apenas aguardando a resposta”, falou Ricardo.

Ricardo também classificou de covardia o ato dos ex-aliados que romperam a aliança com o PSB sem ao menos terem a coragem de fazê-la pessoalmente. A carapuça foi direcionada ao senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e também ao vice-governador Rômulo Gouveia.

“A nossa história é feita com coragem e determinação e na base da covardia, dentro de quatro paredes, com conchavos onde os interesses da população fiquem escanteados, esse é o momento de fazer a grande história”, ressaltou.

Sem citar o nome do vice-governador, Rômulo Gouveia (PSD), que anunciou na última sexta-feira o rompimento com o PSB e a aliança com o PSDB de Cássio Cunha Lima, Ricardo Coutinho reservou para ele o trecho mais contundente de sua fala.

"O povo da Paraíba presenciou várias traições neste processo. Não é possível que alguém converse com você às 9h30 da manhã e diga que está tudo bem e às 11h30 diga que está tudo mal. Essa pessoa não sabe o que quer da vida? Sabe sim. Sabe ser safado! Mas, isso nos põe para frente porque enquanto houver esse tipo de gente, sabemos que precisamos estar nas ruas para derrota-lo. Nossa tarefa é essa".  

No discurso, o governador também pediu à militância que ajudassem o candidato ao Senado Lucelio Cartaxo. “Em cada casa que vocês pedirem um voto para mim, peçam também um para Lucélio, nós precisamos de uma representação no Senado que seja firme e forte, nós temos orgulho dessa aliança”, falou.

CHEQUE DA FAC
Ainda mirando no Governo Cássio, o governador relembrou o escândalo dos cheques da FAC, que culminou na cassação do governador e fez uma comparação com seu atual Governo,

“Eu pergunto a cada prefeito que aqui está, o que o candidato do outro lado conseguiu fazer nas suas cidades? Eu repondo, ele só conseguiu distribuir cheques em época de eleição visando tentar ganhar, mas os cheques que nós distribuímos são os do empreender, que mudam a cidadania do povo e ajuda a melhorar a vida do paraibano”.

PESQUISAS
Ricardo Coutinho insinuou que as pesquisas apontando o senador Cássio como o primeiro colocado eram compradas .

“A pesquisa está tão desmoralizada aqui na Paraíba que não serve nem mais pra fazer piada em beira de bar, publiquem pesquisas que nos vamos comendo pela beirada até ganhar a eleição, nosso grande desafio é combater as forças do atraso, esse é o nosso compromisso”

VICE
O governador encerrou o discurso sem anunciar quem seria o seu vice na chapa majoritária. A expecativa é que o nome seja de Campina Grande. PP de Aguinaldo Ribeiro é cotado

DIÁRIO DO SERTÃO coom PB Agora

Tags:

Recomendado para você pelo google

VISITA DO PRESIDENTE

VÍDEO: Prefeito de Campina Grande solicita a Bolsonaro duplicação da BR-230 de Campina ao sertão da PB

DESTAQUE NACIONAL

VÍDEO: Juizado Especial Misto de Cajazeiras atinge um dos melhores índices de atendimento do Brasil

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: ortodontista sousense revela as orientações para manter a saúde bucal das crianças em dia

MÚSICA E ORAÇÃO

VÍDEO: 5º Show Pela Paz em Cajazeiras bate recorde de público com show do artista católico Thiago Brado