header top bar

section content

Efraim Filho destaca aprovação da PEC dos agentes de trânsito como uma das maiores conquistas do parlamento

A matéria, relatada pelo parlamentar, foi aprovada no plenário da Câmara nesta quarta-feira (11)

Por

12/12/2013 às 15h59

O deputado federal e relator da PEC, Efraim Filho (Democratas/PB) classificou como uma das grandes conquistas do Parlamento neste ano a aprovação da PEC que regulamenta a carreira dos agentes de trânsito. A matéria, relatada pelo parlamentar, foi aprovada no plenário da Câmara nesta quarta-feira (11) por unanimidade com 340 votos favoráveis.

O parlamentar destacou que além de inserir esses profissionais como integrantes do sistema de segurança pública, a PEC introduz à Constituição o conceito de mobilidade urbana eficiente.

“Foram quatro meses de trabalho para aperfeiçoar o texto com bastante diálogo com a sociedade civil organizada e os agentes de trânsito. O texto agora estabelece como direito do cidadão a mobilidade urbana eficiente com o tripé educação, engenharia de trânsito e fiscalização. Essa será uma arma para o cidadão cobrar do gestor a prestação de um serviço eficiente”, afirmou Efraim Filho.

“Além disso, o agente de trânsito passa a ser uma peça da estrutura da segurança pública atuando com prevenção”, completou.

O deputado ainda disse que a aprovação da PEC 55 é mais uma resposta do Parlamento ao clamor da população pela redução da violência no trânsito. De acordo com Efraim Filho, o trânsito destrói famílias e a criação de leis como essa, aliada a Lei Seca são instrumentos eficazes para combater o problema.

Da secom

Tags:

Recomendado para você pelo google

EDUCAÇÃO

VÍDEO: Programa Mensagem Empresarial recebe empresárias e fala sobre o Instituto Aprender Mais

ELEIÇÕES 2020

Pesquisa DiáriodoSertão/Datavox mostra os nomes mais lembrados para vereador em Bernardino Batista

DE AUTORIA DE JEOVÁ CAMPOS

VÍDEO: ALPB vai realizar audiência em Cajazeiras sobre a lei da triagem para todos os recém-nascidos

REFLEXOS ECONÔMICOS

VÍDEO: Empresário explica os impactos do coronavírus e do aumento do dólar no comércio brasileiro