header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

André Gadelha diz que reforma do Vale não agradou e manda recardo para Governador

O prefeito de Sousa fez declarações fortes movido as críticas do ex-gestor, Fábio Tyrone e do governador da PB. Vídeo!

Por

29/05/2013 às 17h34

O prefeito de Sousa, André Gadelha (PMDB), se pronunciou nesta quarta-feira (29), após ser criticado duramente pelo governador Ricardo Coutinho (PSB) e pelo ex-gestor do município, Fábio Tyrone (PTB).

O peemedebista se defendeu sobre as acusações de Ricardo Coutinho quanto a perda dos recursos para reforma do Mercado Central, afirmando que o socialista não quis prorrogar os prazos.

“A grande verdade é que o governador não esperava perder as eleições em Sousa. Isso ainda é a dor de cotovelo”. Disparou o prefeito.

André lamentou que o governador diga que foi irresponsabilidade de sua gestão não buscar essa parceria. “Ele pode falar pela emoção do momento, pois os recursos para reforma do Vale dos Dinossauros foram conseguidos pelo atual Deputado Federal, na época Secretário de Infraestrutura, Leonardo Gadelha (PMDB)"

Segundo o prefeito de Sousa, a reforma feita por Ricardo Coutinho no Vale dos Dinossauros deixou a desejar. “Lamentavelmente quem visitou o Vale não viu essas diferenças todas. Pensávamos numa obra maior até pela quantidade de recursos investidos”

O gestor sousense declarou que prova que solicitou ao Governo da Paraíba, em tempo hábil, o prolongamento do prazo, pois propositalmente o ex-prefeito da cidade não iniciou a reforma porque não quis, uma vez que os recursos estavam na conta da prefeitura desde o dia 20/04/12.

André assegurou que encaminhou via ofício para o Governo da Paraíba a solicitação de prorrogação de validade para o convênio do Mercado Central, porém, não foi atendido.

“Fizemos nossa parte. O Governo é que se negou. Quem está falando a verdade? O prefeito André que mostra documento protocolado no Governo do Estado ou Ricardo Coutinho na euforia de entregar a primeira obra a cidade e fala que foi um ato irresponsável da nossa gestão?” Indagou o peemedebista

Outros
O prefeito disse que assinou o convênio com o Estado para o transporte escolar nessa sexta-feira (17), com promessa de ser pago em 30 dias, e os meses de janeiro a abril foram pagos em sua integridade pela prefeitura da cidade.

Marizão
De acordo com o prefeito, o convênio para a reforma do Estádio o Marizão foi assinada por ele, porém, não foi iniciada porque Ricardo Coutinho queria uma cessão de uso por 20 anos. “Me nego a fazer isso. Não vou entregar o patrimônio do município ao Estado por 20 anos”

Ele negou que os secretários do município tenham embargado as obras. “É mentira. É balela, até porque, quem ganhou a licitação foi a mesma que ganhou a reforma do Vale, a mesma que ganhou há três anos a torre da Igreja, e a mesma que está fazendo as casas do Mutirão. A gente fica em dúvida porque só essa empresa ganha as licitações”

Foto não
André afirmou que o governador está evitando fazer parecerias com Sousa porque ele não vai à Granja Santana tirar fotos com Ricardo Coutinho.

“Eu não. Meu posicionamento político é um só, mas as portas estarão sempre abertas para realizar parceria com o Governo. Agora só faz se receber apoio político, negado. Estamos prontos para realizar parcerias, mas em troca de apoio político não”.  Alfinetou o gestor sousense,

Veja vídeo

Veja também:

– Ex-prefeito de Sousa fala de racha do vice, taxa André Gadelha de irresponsável e diz: ¨Ele é prefeito de um mandato só¨. Vídeo!

– Ricardo Coutinho anuncia obras para Sousa, e manda recado para Veneziano: “É um jovem ultrapassado”

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
NA PARAÍBA

OPINIÃO: Atraso de salários e falta de obras podem custar derrotas em 2020 a prefeitos do Alto Sertão

FIM DA NOVELA

VÍDEO: Irmãos Lira permanecem no comando do Atlético de Cajazeiras e já anunciam 17 jogadores de fora

REPORTAGEM ESPECIAL

VÍDEO: Igualdade de direitos entre brancos e negros é mito, afirma ativista social de Cajazeiras

OPORTUNIDADE

VÍDEO: Primeira etapa de venda do melhor loteamento do Sertão da PB continua aberta; saiba as vantagens