header top bar

section content

Prefeita denuncia Câmara por prejudicar município

A Prefeita Lucrécia Adriana denunciou que a Prefeitura Municipal de Santarém está sendo prejudicada por parte da Câmara de Vereadores daquele município. Lúcrecia denunciou que seu governo foi prejudicado quando tentou tirar uma certidão negativa de débito junto ao INSS e foi impedida devido a uma dívida que a Câmara tem junto aquele órgão. A […]

Por

31/10/2009 às 01h04

A Prefeita Lucrécia Adriana denunciou que a Prefeitura Municipal de Santarém está sendo prejudicada por parte da Câmara de Vereadores daquele município.

Lúcrecia denunciou que seu governo foi prejudicado quando tentou tirar uma certidão negativa de débito junto ao INSS e foi impedida devido a uma dívida que a Câmara tem junto aquele órgão.

A Prefeita disse que o débito do Legislativo é referente ao mês de abril de 2009 e mais a GFIP dos meses de agosto e setembro do mesmo ano.

A administradora de Santarém destacou que o Presidente da Câmara, Vereador Antônio Batalha, assegurou que todos os débitos junto ao órgão seriam quitados, o que não aconteceu e a Prefeita ao tentar tirar a certidão não conseguiu.

Lucrécia chamou de “atitude irresponsável” o não cumprimento da palavra por parte do Presidente. Ela destacou que – com esse impedimento – o município de Santarém está sendo muito prejudicado e deixará de ser beneficiado por convênios como o do programa Caminho da Escola que traria pra cidade dois ônibus escolares novos e outro onde seria construída uma creche no valor de R$ 750 mil.

Da redação do Diário do Sertão
Com Portal Cofemac

Tags:
NA TELA DA TV DIÁRIO

Diário Esportivo traz tudo sobre a 2ª rodada do Paraibano; Tático narra gol da vitória do Atlético

SE CUIDE!

VÍDEO: No Janeiro Branco, Diversidade em Foco promove uma ‘Conversa sobre suicídio e como evitá-lo?’

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”

"MERECIA MAIS"

VÍDEO: Comentarista critica falta de prestígio de Sousa com o Governo do Estado nas nomeações de cargos