header top bar

section content

Musa fitness aponta quatro exercícios para quem ainda não se sente seguro na academia

Apesar da reabertura das academias em diversos estados do país, há quem continue optando por modalidades alternativas

Por MF Press Global

12/08/2020 às 09h55 • atualizado em 12/08/2020 às 09h58

Atleta e musa fitness, Sue Lasmar tem a atividade física não apenas como um fator de saúde, mas também de trabalho (Foto: Divulgação / MF Press Global)

Assim como boa parte do comércio, as academias entraram para o grupo de locais com autorização para funcionar. Porém, mesmo com as medidas de proteção aplicadas pelos estabelecimentos, uma boa parcela dos alunos não se sente seguro em voltar aos ambientes de treino compartilhado.

A relutância não quer dizer que as pessoas pararam de se exercitar, muitas procuraram outras alternativas, principalmente devido a importância da atividade física no cenário pandêmico. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), se manter ativo é uma das formas de fortalecer o sistema imunológico. A instituição recomenda que durante a pandemia, as pessoas optem por passeios a pé ou de bicicleta, com respeito ao distanciamento de segurança para evitar contaminação.

Atleta e musa fitness, Sue Lasmar tem a atividade física não apenas como um fator de saúde, mas também de trabalho. Na pandemia, ela manteve a rotina e a intensidade dos treinos mesmo longe das salas de musculação. Ela conta que tem se exercitado em casa ou áreas verdes e mesmo com a reabertura das academias, não pretende voltar enquanto o vírus não estiver controlado no país.

De acordo com a musa fitness, é possível fazer treinos eficientes em casa, desde que haja a motivação correta. “Para os que querem fazer controle de peso, as atividades aeróbicas são as mais recomendadas. Por outro lado, quem busca a hipertrofia, precisa trabalhar exercícios que sejam capazes de romper as fibras musculares, pois é na recuperação delas que há ganho músculos”, explica.

Mesmo em casa, a musa alerta que é preciso respeitar os limites do corpo e trabalhar os exercícios de maneira progressiva. “Muitas pessoas estão malhando sozinhas, por isso o cuidado com lesões deve ser redobrado. Fazer o aquecimento, cumprir as fases de treinamento e aumentar a intensidade de treino de forma gradual é essencial para que a pessoa não acabe se lesionando”, comenta.

Para quem não se sente seguro para retornar academia, a atleta aponta quatro modalidades de treino para não deixar o sedentarismo se instalar.

Exercícios aeróbicos – Ideais para o controle de peso, atividades como corrida, caminhada e bicicleta são bastante democráticas e atendem tanto iniciantes quanto veteranos nos treinos. Os benefícios da prática vão desde de aumento na qualidade de sono e autoestima a melhora no nível de colesterol e capacidade cardiorrespiratória.

HIT – O treino intercalado de alta intensidade é caracteristicamente uma atividade de tempo reduzido. Isso porque, nesse treinamento, a pessoa atinge picos de alta intensidade com intervalos de descanso. Essa é uma modalidade que queima calorias não apenas durante o exercício, mas também depois dele, já que o HIT se mostra um inibidor de apetite. Além disso, há aumento na resistência anaeróbica e na produção de ácido lático.

Calistenia – O corpo é a academia. Voltado para quem deseja ganho de massa corporal, a modalidade tem como princípio utilizar apenas o peso do próprio corpo para realizar a atividade física. Com os exercícios certos, a pessoa consegue definir músculos, perder gordura e ganhar força. Alguns movimentos básicos da prática são flexão, prancha e agachamento. Durante esse tipo de treino, há ainda estímulo a produção de testosterona, hormônio importante para o ganho de massa e emagrecimento.

Dança – Além de uma ótima atividade para se divertir, a dança, nas suas mais variadas modalidades, pode ajudar no controle de peso, definição de músculos e melhora na sensação de bem-estar. “Pode ser zumba, balé, o importante é fazer um treino que dure pelo menos uma hora por dia, dessa forma todos os benefícios da prática vão acontecer”, comenta Sue. Além de um alto gasto calórico, o exercício trabalha os músculos inferiores e fortalece o sistema cardiorrespiratório.

RECEBEU LIGAÇÃO

VÍDEO: Jucinério revela que Zé Aldemir desmentiu os próprios secretários sobre ambulância de Divinópolis

INFLUENCER

Com vídeos bem-humorados e sensuais, modelo cajazeirense atrai centenas de seguidores no Instagram

diagnóstico

VÍDEO: Prefeito de São José de Piranhas testa positivo para Covid-19 e pede orações

COMEÇOU

VÍDEOS: Candidatos de Cajazeiras iniciam suas campanhas com vídeos nas redes e abraço simbólico na rua

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!