header top bar

section content

Com açude morrendo, população sousense clama por adutora e radialista dispara: “Samba do Criolo Doido”

De acordo com ele, falta água em Sousa, o açude de São Gonçalo está morrendo e o Governo do Estado não consegue entregar a referida adutora.

Por

26/08/2015 às 16h37

O radialista da cidade de Sousa, Jucélio Almeida falou nesta quarta-feira (26) em seu comentário para a TV Diário do Sertão que a obra da adutora do Pintado prometida para o município está se arrastando há meses.

De acordo com Jucélio, falta água em Sousa, o açude de São Gonçalo está morrendo e o Governo do Estado tenta entregar a referida adutora, mas, não consegue. “Há uma espécie de mistério político nessa obra”, disse.

Jucélio disse que os prazos dados pelo Governador Ricardo Coutinho (PSB) para entrega da adutora nunca foram cumpridos, entretanto, a obra está custando para o Governo cerca de 20 milhões de reais.

De acordo com Jucélio, a Aesa informou que não há prazo para entrega da obra e talvez seja em outubro. “Está um verdadeiro samba do Criolo Doido”, disse Jucélio.
 
DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

VÍDEO: Psicologia no Ar recebe diretores e psicóloga de organização que promove cidadania em Cajazeiras

NOVIDADES

Xeque-Mate visita lançamento do novo plano da Eletrosorte, que firmou parceria com gigante dos seguros

FUTEBOL DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Dirigentes e ex-jogadores relembram histórias marcantes do Duque de Caxias, que completou 50 anos

VÍDEO: Programa de rádio que é sucesso na região de Campina fecha parceria com emissora de Cajazeiras