header top bar

section content

A CASA CAIU: Ex-prefeito da região de Cajazeiras é condenado a quatro anos de prisão; denúncia é do MPF

De acordo com a denúncia do MPF, na época, a prefeitura recebeu R$ 515.706,17, mas só R$ 260.138,48 (50,44%) foi usado para o pagamento.

Por

27/06/2015 às 15h20

candidatura do ex-prefeito foi indeferida

O ex-prefeito da cidade de Carrapateira, José Ardison Pereira (Dedé de Zé Pereira) foi condenado a quatro anos e seis meses de prisão por improbidade administrativa. Segundo o juiz Adrian Soares, da 8ª Vara Federal, José Ardison é acusado de desviar recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Leia também:

? Depois de ser denunciado por nepotismo e abuso de diárias, prefeito da região extrapola nas contratações

Segundo denúncia do Ministério Público Federal, em 2007, José Ardison Pereira não aplicou os 60% dos recursos enviados pelo Fundeb para o pagamento dos professores municipais da educação básica, como determinado por lei. Na época, a prefeitura recebeu R$ 515.706,17, mas só R$ 260.138,48 (50,44%) foi usado para a remuneração do magistério.

Ainda de acordo com a denúncia, o ex-prefeito não comprovou as despesas realizadas com recursos do Fundeb. Do recurso, R$ 19.712,07 foi destinado ao pagamento da folha dos servidores públicos em geral, o que é proibido.

A ação contra o prefeito foi ajuizada pelo Ministério Público Federal e ainda cabe recurso.

DIÁRIO DO SERTÃO com informações do Radar Sertanejo

Tags:
FUTEBOL

VÍDEO: Diário Esportivo traz resumo da 2ª rodada do Paraibano e detalhes da nova contratação do Atlético

COM CHICO CARDOSO

VÍDEO: ‘Briga’ entre Zé Aldemir e Airton, e Tyrone com os Gadelhas são os destaques do Direto ao Ponto

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Advogadas tiram dúvidas sobre Previdência Social e criticam atendimento no INSS de Cajazeiras

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: Júnior e Jeová começam a ganhar cargos em Cajazeiras e “sinal vermelho foi ligado”, diz colunista