header top bar

section content

A CASA CAIU: Ex-prefeito da região de Cajazeiras é condenado a quatro anos de prisão; denúncia é do MPF

De acordo com a denúncia do MPF, na época, a prefeitura recebeu R$ 515.706,17, mas só R$ 260.138,48 (50,44%) foi usado para o pagamento.

Por

27/06/2015 às 15h20

candidatura do ex-prefeito foi indeferida

O ex-prefeito da cidade de Carrapateira, José Ardison Pereira (Dedé de Zé Pereira) foi condenado a quatro anos e seis meses de prisão por improbidade administrativa. Segundo o juiz Adrian Soares, da 8ª Vara Federal, José Ardison é acusado de desviar recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Leia também:

? Depois de ser denunciado por nepotismo e abuso de diárias, prefeito da região extrapola nas contratações

Segundo denúncia do Ministério Público Federal, em 2007, José Ardison Pereira não aplicou os 60% dos recursos enviados pelo Fundeb para o pagamento dos professores municipais da educação básica, como determinado por lei. Na época, a prefeitura recebeu R$ 515.706,17, mas só R$ 260.138,48 (50,44%) foi usado para a remuneração do magistério.

Ainda de acordo com a denúncia, o ex-prefeito não comprovou as despesas realizadas com recursos do Fundeb. Do recurso, R$ 19.712,07 foi destinado ao pagamento da folha dos servidores públicos em geral, o que é proibido.

A ação contra o prefeito foi ajuizada pelo Ministério Público Federal e ainda cabe recurso.

DIÁRIO DO SERTÃO com informações do Radar Sertanejo

Tags:

VÍDEO: Psicologia no Ar recebe diretores e psicóloga de organização que promove cidadania em Cajazeiras

NOVIDADES

Xeque-Mate visita lançamento do novo plano da Eletrosorte, que firmou parceria com gigante dos seguros

FUTEBOL DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Dirigentes e ex-jogadores relembram histórias marcantes do Duque de Caxias, que completou 50 anos

VÍDEO: Programa de rádio que é sucesso na região de Campina fecha parceria com emissora de Cajazeiras