header top bar

section content

TCE obriga ex-diretora do Hospital Regional de Cajazeiras a pagar multa por irregularidades

O TCE apontou despesas sem o devido processo licitatório, pagamento de produtividade a servidores da mesma categoria com valores discrepantes, entre outras irregularidades

Por

02/04/2015 às 14h06

Ex-diretora do HRC, Emanuelly deve pagar multa

A ex-diretora do Hospital Regional de Cajazeiras, Emmanuelle Cariri deve pagar uma multa de R$ – 7.882,17, conforme determinação do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba que apontou diversas irregularidades na sua gestão. Além disso, o processo da ex-gestora foi encaminhado ao Ministério Público para providências no âmbito judicial.

Segundo informações, O TCE apontou despesas sem o devido processo licitatório, pagamento de produtividade a servidores da mesma categoria com valores discrepantes e existência de codificados, entre várias irregularidades levantadas pela Auditoria do Tribunal de Contas do Estado, em inspeção especial realizada no Hospital Regional de Cajazeiras.

O relator do processo foi o conselheiro André Carlo Torres e, segundo ele, a auditoria constatou irregularidades operacionais no setor de maternidade do Hospital. Constatou problemas no controle de estoque e falta de notas fiscais. O colegiado fez ainda recomendações em relação aos procedimentos licitatórios e decidiu pelo encaminhamento de comunicações ao Governador do Estado e ao Ministério Público.

DIÁRIO DO SERTÃO com BlogdoAdjamilton

Tags:

Recomendado para você pelo google

SESSÃO NA CÂMARA

VÍDEO: Em Cajazeiras, coordenador de Diversidade Religiosa na PB fala sobre diálogo e busca por respeito

ASSASSSINATO

VÍDEO! Delegado fala sobre o crime de homicídio que vitimou professor de karatê em Sousa

SEM POLÍTICAS PÚBLICAS

VÍDEO – Líder lamenta ‘desprezo’ dos governos e ‘extinção’ da cultura dos ciganos na cidade de Sousa

VÍDEO

SERTÃO: Empresário sugere vaquinha para “salvar” feira de negócios após prefeitura negar apoio