header top bar

section content

Professora universitária de Cajazeiras critica nível de alunos que entram em faculdades

De acordo com Graça, o primeiro erro está no fato das pessoas não terem consciência de quem educação, começa em casa.

Por

14/11/2014 às 14h34

A Professora Graça Brasil foi entrevistada pela TV Diário do Sertão

O Interview dessa quinta-feira (13) recebeu a professora universitária, Graça Brasil. A mestre que já está em Cajazeiras há vários anos disse que, falta conexão entre as instituições de ensino da cidade e afirmou que a educação local ainda tem muito que avançar.

De acordo com Graça, o primeiro erro está no fato das pessoas não terem consciência de quem educação, começa em casa. Em seguida ela afirmou que falta “um elo” entre as escolas do ensino médio e as faculdades. “As faculdades deviam determinar o nível de alguns alunos que chegam das escolas de nível médio”, disse.

Atualmente ensinando na Faculdade São Francisco da Paraíba, Graça atua também fazendo consultoria empresarial, porém, ressaltou que são poucas as empresas que realmente se interessam em fazer planejamento, ou mesmo com a forma de tratar seus funcionários.

Trajetória

A professora Graça Brasil é natural da cidade de Fortaleza, onde passou toda a sua infância e adolescência. Sempre com espírito de independência, começou a trabalhar com turismo, aos 15 anos de idade.

Graça estudou estatística e administração. Trabalhou com pesquisas e em seguida, teve uma oportunidade na educação. Morou no Crato por dez anos, onde deu aula em várias instituições de ensino superior do Ceará.

Veja Vídeo!

 
 

DIÁRIO DO SERTÃO 

Tags:

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Chico Mendes diz que pode dividir palanque com Cleide e dispara: “Tô pronto para disputar com Paula”

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: Ciro diz que Ricardo ‘prejudicou-se na sucessão’, mas elogia Azevêdo: “Seria uma honra no PDT”

PREOCUPADO

VÍDEO: Na Semana dos Pobres, bispo de Cajazeiras diz que “pobreza se avoluma cada vez mais nas cidades”

A OBRA PAROU?

Ex-vereador denuncia que terminal rodoviário de Sousa está abandonado: “Prefeito Tyrone não está nem aí”