header top bar

section content

Gestor do Bolsa Família em Marizópolis esclarece denúncia e confirma que nove servidores recebem benefício

Segundo Plínio, dos 34 nomes que constavam na lista do Ministério Público, somente nove pessoas são servidores do município.

Por

04/09/2013 às 14h42

O gestor municipal do Programa Bolsa Família em Marizópolis, Plínio Fabrício Alexandre, enviou nesta quarta-feira (04) uma nota a imprensa esclarecendo a matéria divulgada esta semana afirmando que o Ministério Público Federal (MPF) da Paraíba identificou 34 servidores da Prefeitura de Marizópolis recebendo irregularmente dinheiro pelo programa assistencial federal Bolsa Família.

Segundo Plínio, dos 34 nomes que constavam na lista do Ministério Público, somente nove pessoas são servidores do município. Quanto aos nove servidores, o gestor disse que deve-se levar em conta a sua composição familiar e não somente o fato de prestarem serviço a Prefeitura.

Entre outras observações, Plínio afirmou que o caso está sendo averiguado e todas as informações serão enviadas ao Ministério Público Federal (MPF).

Veja Vídeo!

Veja a nota na íntegra!

NOTA Á IMPRENSA

Em virtude das informações inerentes ao Programa Bolsa Família do município de Marizópolis divulgadas nos últimos dois dias por este meio de comunicação, o Gestor do referido Programa vem por meio deste esclarecer os seguintes pontos:

1º – Após recebimento da Lista advinda do Ministério Público Federal com o nome das pessoas que supostamente estariam recebendo o benefício do Bolsa Família esta gestão Municipal cruzou dados junto a Secretaria Municipal de Administração e constatou que das 34 pessoas apenas 09 são servidores atualmente neste Município. Estes dados serão encaminhados o Procurador Federal para que ele adote ás medidas cabíveis inerentes ao caso, no tocante as outras nove identificadas como servidores deste Município não significa dizer que estas estão recebendo o benefício de forma irregular só porque são servidores Municipais deve – se levar em conta a questão da sua composição familiar fato este que esta sendo averiguado e que também será encaminhando ao MPF;

2º – Ressalta – se ainda que o referido caso encontra – se em fase de averiguação não se constando de fato um crime e que diante as informações acima citadas praticamente resolvido;

3º – Atendendo Recomendação do Procurador da República procedemos o bloqueio dos referidos benefícios enquanto durarem o levantamento dos dados que o caso merece, está sendo feito a revisão caso a caso para posterior encaminhamento ao MPF;

4º – Sem mas para o momento aproveito a oportunidade para dizer que continuaremos trabalhando para fazermos com que o Bolsa Família chegue as famílias que realmente necessitam dele para sobrevivência de seus entes que é o que a Gestão do Prefeito Zé Vieira sempre procura fazer suprir as necessidades dos mais carentes deste Município e que logo este episódio será sanado com a veracidade que o momento espera recuperando assim a dignidade deste povo lutador, trabalhador e aguerrido que não merece esta sendo manchete por irregularidades mas, sim pelas suas conquistas e vitórias.

PLÍNIO FABRICIO FACUNDO ALEXANDRE
GESTOR MUNICIPAL DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA

Veja também: Muito grave: 34 funcionários de prefeitura da região de Sousa estão recebendo Bolsa Família, diz MPF

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
COM OLIVAN PEREIRA

VÍDEO: Exoneração do sobrinho de Rivelino Martins e nomeação de Maura Sobreira agitam o Direto ao Ponto

CONTRA A LIBERAÇÃO

VÍDEO: Comandante da PM de Cajazeiras vê risco de aumentar crimes domésticos e fúteis com posse de arma

EM 2020

VÍDEO: Deputado federal sugere que Chico Mendes pode ser candidato a prefeito de Cajazeiras pelo PTB

UNA FREVO 2019

VÍDEO: Com 16 atrações, destaques nacionais e percurso do frevo, carnaval da cidade de Uiraúna é lançado