header top bar

section content

Sertão produz alimento afrodisíaco, nutritivo e que combate envelhecimento precoce

O alimento ainda não é muito conhecido, mas o setor comercial vem trabalhando para divulgar o produto.

Por

24/10/2011 às 10h25

Está sendo plantado nas várzeas, entre os municípios de Aparecida e Sousa, um alimento com alto valor nutritivo, considerado afrodisíaco e que combate o envelhecimento precoce, trata-se do arroz negro.

Desde a semana passada, o alimento está sendo colhido, que mesmo ainda pouco conhecido, o arroz negro já pode ser encontrado no mercado paraibano, principalmente em João Pessoa e em Campina Grande.

Segundo um dos técnicos responsáveis pela plantação, Pedro Paulino, o setor comercial vem trabalhando para divulgar bastante o produto.

O arroz negro que é produzido nas Várzeas de Sousa é totalmente orgânico, possui textura macia, grãos curtos, sabor e aroma acastanhado e coloração preta.

DIÁRIO DO SERTÃO
 

Tags:

Recomendado para você pelo google

HOMENAGEM

VÍDEO E FOTOS: Familiares e amigos celebram o centenário do cajazeirense, José Rolim Guimarães

CULTURA

Professoras da UFCG de Cajazeiras lançam livro sobre ‘Ética, Bioética e Controle Social da Ciência’

RELIGIÃO

VÍDEO: Festa de Nossa Senhora da Guia, padroeira de Patos é oficialmente lançada. Confira a programação!

SOLUÇÃO

VÍDEO: Continuando série sobre o lixão, Xeque Mate fala de ações para resolver problemática do lixão